[ PONTO DE VISTA ] - As incertezas para 2021: Turnê de inéditas ou a Legacy novamente?


Por Murilo Araujo para o site Iron Maiden Brasil

Na noite do dia 03 de agosto de 2020, mais conhecido como “na última segunda-feira”, os fãs do Iron Maiden foram pegos totalmente de surpresa com a notícia de que Steve Harris e sua turma voltarão ao Brasil em 2021 como headliners de mais uma edição do festival Rock In Rio, contabilizando a quinta participação da banda no evento organizado por Roberto Medina.

De cara, as perguntas mais recorrentes dos fãs foram “a notícia é verdadeira?”, “será que vai rolar mesmo o show em época de pandemia?”, “o show será mais uma vez da turnê Legacy Of The Beast ou já será a divulgação do novo álbum?”, entre tantos outros questionamentos. Então vamos para as reflexões!


Primeiramente, a notícia sobre a vinda do Iron Maiden para o Rock In Rio 2021 é verdadeira?

Eu garanto a vocês que sim, e explico o porquê: quem noticiou essa bomba foi o jornalista José Noberto Flesch (Jornal Destak, Yahoo), que é nacionalmente conhecido por trazer em primeira mão confirmações dos mais diversos shows de pequeno e grande porte. Repito, confirmações. Por se tratar de informações sérias e que envolvem altas cifras, Flesch apenas divulga informações em que as negociações entre bandas e produtoras de eventos já estão fechadas. Ou seja, para haver uma divulgação oficial por parte da banda e do festival, uma negociação deve ocorrer com antecedência, não concordam? O anúncio é uma questão de tempo, e normalmente o Rock In Rio anuncia as bandas entre os meses de setembro e outubro. Só nos resta aguardar!


A conjuntura nacional e a crise sanitária causada pelo Covid-19 podem atrapalhar a realização de eventos? 

Sim, pode atrapalhar, e como pode! É incerto quando a pandemia cessará, ainda não há uma vacina ou remédio para barrar o vírus, não temos uma boa perspectiva de quando a situação no Brasil ficará amena a ponto de ser possível reunir em um só local mais de 100 mil pessoas. O que nos resta é aguarda, fazer nossa parte usando máscara, se higienizando de maneira correta, evitando sair para locais com aglomeração a menos que seja necessário, cobrar dos governantes bom senso e seriedade e apoiar e torcer para que as pesquisas nacionais e internacionais encontrem uma solução o quanto antes.


O que esperar do futuro show? Será a Legacy Of The Beast Tour mais uma vez e com um setlist semelhante à 2019? Será que até lá já teremos um novo álbum acompanhado de uma turnê de divulgação?

Aqui a coisa esquenta! A terceira etapa da Legacy Of The Beast Tour deveria ter ocorrido neste ano, mas por motivos já conhecidos, ela teve de ser adiada para 2021. Originalmente o Iron Maiden viajaria para a Oceania, Ásia e Europa, só que por motivos de agenda, a banda realizará apenas shows no velho continente. 

Há um tempo noticiamos essa mudança no cronograma dos shows, inclusive citamos uma observação interessante de um produtor de eventos de Israel, que seria um dos países a receber a turnê. Relembro aqui também que o empresário da banda Rod Smallwood afirmou que os países que tiveram suas apresentações canceladas, poderiam futuramente receber o Iron Maiden, em uma outra oportunidade, mas a partir do primeiro semestre de 2022.

Voltando ao raciocínio, o Iron Maiden fará apenas 14 shows na Europa pela Legacy Of The Beast Tour 2021, entre os dias 11 de junho e 11 de julho. Esse número é pequeno, dado todo o histórico de turnês passadas da banda, mesmo se tratando da terceira parte de uma turnê que já dura 3 anos. Vale lembrar aqui que a terceira parte da Maiden England, que ocorreu em 2014, contabilizou 20 apresentações pela Europa, focando principalmente em grandes festivais. Aonde eu quero chegar com esses levantamentos? Normalmente o Rock In Rio ocorre entre o final do mês de setembro e início de outubro, e abrange dois finais de semana de shows. Seria estranho o Iron Maiden realizar seu último show da Legacy lá em Paris em 11/07, realizando uma pequena sequência de shows, e retornar praticamente 3 meses depois com a mesma apresentação. 

Agora chegamos em um ponto interessante. Será que o Iron Maiden arrastará novamente a atual turnê para a América assim como foi em 2019? Eu acredito que não, por dois motivos: 1 - o 17º álbum da banda já está pronto. 2 – o tempo não espera. Todos nós sabemos que a pandemia atrasou todo o cronograma da banda, e que no final de 2020 provavelmente já teríamos o anúncio do tão esperado novo álbum acompanhado de datas para a turnê de divulgação do mesmo. 

Se o novo álbum for lançado em 2021, a banda terá alcançado uma nova marca de hiato entre lançamentos de novos materiais de estúdio, visto que seis anos é muito tempo até para eles. Isso me leva a crer que eles não postergarão mais e utilizarão os três meses entre julho e outubro de 2021 para nos entregar uma nova preciosidade. E eu reforço essa ideia me baseando em um evento passado: no ano de 2003, entre os dias 23 de maio e 30 de agosto, o Iron Maiden viajou pela Europa e América do Norte com a turnê Give Me Ed Til I’m Dead revisitando clássicos dos anos 80 e 90/00. Apenas 9 dias depois, no dia 08 de setembro, a banda anunciava o álbum Dance Of Death, viajando no mês seguinte para países da América, Ásia e Europa a fim de divulgar o novo trabalho. O que me leva a concluir que na pausa entre o último show da Legacy e a apresentação no Rock In Rio, o Iron Maiden realizará toda a divulgação do tão esperado 17º álbum e já emendará a nova turnê, que se estenderá para 2022.

De qualquer forma, todos nós estamos ansiosos para escutar novamente um sonoro SCREAM FOR ME BRAZIL!!!




Iron Maiden Brasil está na principais redes sociais. Segue a gente lá!


Sobre Murilo Araujo

Murilo Araujo

3 comentários:

  1. Texto besta!
    Parece coluna de fofoca!

    ResponderExcluir
  2. Texto besta!
    Parece coluna de fofoca!

    ResponderExcluir
  3. essa pandemia fudeu com todos os artistas, tomara que de certo!, Iron Maiden tem que voltar.

    ResponderExcluir