[IRON MAIDEN] - 11 motivos para crer que Dance of Death é um álbum conceitual



Para escrever sobre Dance of Death, eu precisei entender porque ele é um dos meus preferidos. Então eu pesquisei 11 razões para amar este álbum, baseado nas suas próprias canções e então descobri que é um álbum conceitual sobre a vida e a morte, sobre a esperança e o fim dela. Acabou sendo uma forma diferente de “resenhar” um dos melhores álbuns da banda.

Dance of Death, lançado em 2 de setembro de 2003 foi um álbum que brindava os louros do bem sucedido e aclamado álbum anterior: Brave New World. A banda tinha conseguido se erguer como um fênix dos lapsos de falta de energia e popularidade da era Blaze. Muitas essas em função das dramáticas recepções da crítica e dos fãs, referente ao material produzido; e a talvez a “falta” de carisma de Blaze Bayley

Acredito que exista todo tipo de fã, desde os que concordam que realmente a banda realmente desacelerou e ficou menos expressiva com X Factor e Virtual XI, e há quem considere que nada disso aconteceu e estes foram álbuns foram super legais e cheios de identidade e expressão.  

Mas é fato que Brave New World e sua turnê, com a emocionante apresentação no Rock in Rio; traria o Iron Maiden à tona das mídias, o que gerou outro tipo de visibilidade. Tanto que é perceptível a quantidade enorme de fãs que surgiram a partir dessa fase. Digamos que a galera que era adolescente nessa época e hoje está na faixa de 30 anos idade, "descobriu” o Iron Maiden, assim como até hoje cada disco e cada tour, traz mais gente jovem e desde a década de 80 isso acontece. 

O mais interessante é que gostar de Iron Maiden nos anos 80 era mais óbvio (época onde o Metal estava em alta) do que na década de 90 e 2000 em diante, em que hoje há mais descendentes do gosto do que descobertas. Mas resumindo, temos uma série de fãs entre 10 e 50 anos de idade em todo planeta e eles se renovam a todo momento. E por brincadeira, 50-10=40 idade da banda. Para ser mais exata, quase 42 anos de banda.

Dance of Death surgiu para manter em alta a popularidade impressionante do álbum anterior que brindava a fase progressiva e ao mesmo tempo atmosférica de temas que permeavam a maturidade da banda. O que estava em alta na época, especialmente na Europa, eram bandas do estilo de Nightwish, Moonspel, Lacuna Coil, Evanecence que falavam de aspectos interiores juvenis, enquanto os caras do Maiden abraçavam a idade adulta de 40 anos de idade. 

O fato que lembro bem dessa época é o inicio do uso constante dos microcomputadores em casa (aqui desde 1996) e sempre desfrutando de downloads em locais como Emule e Limewire, mas ainda existiam várias lojas de discos e podíamos comprar CDs como algo insubstituível.

A lindeza desse álbum está em 11 canções que nos remetem à NOVA FASE da banda: 

Como seguir a partir do estouro de BNW? 

Então os temas abordados falavam de , ESPERANÇA e ao mesmo tempo, a total falta delas. 



Conheça-as:

1-Wildest Dreams  - Esta música logo no começo apresenta uma banda que já passou por todos os altos e baixos, mas finalmente se vê pronta para uma nova fase! Fala de ESPERANÇA.

I´m gonna organise some changes in my life,
 I´m gonna exorcise the demons of my past,
 I´m gonna take the car and hit the open road,
 I´am feeling ready to just open up and go"


Que significa que ele ta se organizando e planejando a vida, vai enfrentar os desafios e seguir na estrada da vida, pronto pra começar! (tradução “poética” - todas serão assim aqui em diante)

2-Rainmaker- Seguindo a mesma introdução emblemática, agora essa canção bem mais animada nos remete a mais ESPERANÇA.

‘You tell me we can start the ran,
 you tell me that we all can change,
 you tell me can find something
 to wash the tears away”

Você diz que eu posso começar a fazer chover e posso mudar tudo, e posso encontrar algo para secar as lágrimas. – Sinceramente, não tem como negar que fé é o nome dessa música.

3-No More Lies - Linda música, que é hoje uma das preferidas deste álbum.

“Time is up it couldn't last; 
But there's more things I have to do; 
I'm coming back to try again;
 Don't tell me that this is the end”

O tempo ta acabando mas há mais coisas que eu quero fazer, to voltando para tentar de novo...Nao me diga que já é o fim. DÚVIDA ENTRE ESPERANÇA e FALTA DE ESPERANÇA

4-Montsegur - Surge como um peso bem maior, que estreiava um estilo que entraria definitivamente na próxima década da banda. Linda música que falava de Montsegur, um dos monumentos mais famosos da França, palco da inquisição. Fala sobre FALTA DE ESPERANÇA

“Centuries later I wonder why, 
what secret that the took to their grave,
 still burning heretics under our skies,
 religion´s still burning inside” 

Me pergunto, porque ainda estão queimando heréticos em seus céus. A morte de vários inocentes, é a disparidade entre a esperança de dias melhores e a questão da morte como renascimento ou destruição. Leia mais sobre esta música, clicando aqui

5-Dance of Death - Uma das músicas mais lindas de todos os tempos de sua carreira, título do álbum, a morte chega em forma de cantiga e contos. Duvida entre ESPERANÇA e FALTA DE ESPERANÇA

"To this day, I guess, 
I´ll never know, just why the let me go,
 but I´ll never go dancing no more, 
´til I dance with the dead"

 “Sobre esse dia eu nunca saberei porque eles me deixaram ir, nunca mais vou fazer a dança da morte a não ser que eu morra”

6-Gates of Tomorrow - Num estilo bem marcado de guitarras, podemos encontrar o estilo de Janick. Portões do amanhã e a questão da morte. FALTA DE ESPERANÇA

“give me the strength do I carry on”

Dê-me forças para que eu continue

7-New FrontierESPERANÇA ou ?...

Bruce se esbalda com o vocal nessa canção que fala da fronteira entre a vida e a morte

I want to end my life now, but I don't know how
Recycled again a lifetime of pain
The spawn of a man 
The devil has planned

Eu quero terminar minha vida agora, mas nao sei como...reciclar outra vez uma vida inteira de dor, a criação de um homem, que o diabo planejou

8-Pachendale – TOTAL FALTA DE ESPERANÇA - Letra, contexto e música incríveis, fortes que começam com o som do código morse. Esta canção sobre a batalha da Primeira Guerra Mundial onde houveram mortes em ambiente de total lama e destrução da dignidade humana e colocou a Inglaterra omo alvo dos Alemães, mostra um dos atos mais desumanos da história.

“See my spirit on the Wind, 
across the lines beyond the hill,
 friend and foe will meet again, 
those who died at Paschendale”


9-Faces in the Sand - É um música que fala da diferença entre erguer se com coragem e fé, e simplesmente abaixar a cabeça e se entregar.  Boa performance de Nicko Mc Brain e seu pedal duplo, sem se utilizar de um...kkkk. A letra sucumbe a FALTA DE ESPERANÇA (rosto ao chão).

Can the end be at hand, 
Is the face in the sand? 
Future memory of our tragedy, 
can the end be at hand? 
Is the face in the sand?
 Future memory of our tragedy”

10-Age of Innocence - Está musica é bem pertinente ao Brasil, no que estamos vivendo a cada momento nas questões políticas e sociais. É o reflexo de uma coisa que não podemos evitar, de fases piores que vivemos em que a inocência é cada vez mais escassa. Mas essa canção aponta sobre uma possível FALTA DE ESPERANÇA

“So we can only get one chance,
 can we take it,
 and we only got on life
 cant Exchange ir,
 can we hold on to what
 we have dont replace it, 
the age of innocence is fading...
like and old dream”




11-Journeyman - Lindissima música que deixa claramente que estamos diante de um grande guerreiro da vida, que busca sempre algo mais, com a sua TOTAL ESPERANÇA

“I know what I want, 
and I say what I want,
 and no one can take it away, 
I know what I want,
 and I say what I want, 
and no one can take it away”


Eu sei o que eu quero, eu digo o que eu quero e nada pode impedir...



Este álbum teve sua turnê chamada de Dance of Death World Tour, iniciada em 19 de outubro de 2003 e finalizada em fevereiro de 20004. O Brasil esteve nessa rota, e pode conferir em duas capitais este incrível projeto. Dance of Death para mim é um dos melhores trabalhos da banda em sua objetividade e maturidade. E para você? Leia mais sobre esse álbum aqui.

Veja o video do show completo abaixo

Sobre Verônica Mourão

Verônica Mourão

1 comentários:

  1. Parabéns pelo texto. Muito bom! Realmente as músicas têm essa ligação sobre esperança, fé... Não tinha percebido isso ouvindo o álbum.

    ResponderExcluir