[ IRON MAIDEN ] - A incrível reação de um compositor erudito à música Hell on Earth

 O compositor erudito americano Doug Helvering publicou um vídeo onde apresenta sua reação à música "Hell on Earth", do Iron Maiden. A faixa está presente no álbum mais recente da banda, "Senjutsu", e é uma das mais elogiadas pelos fãs.

SENJUTSU Já está entre nós! Garanta o seu e complete sua coleção! CLIQUE AQUI!!

Na maior parte das vezes, Helvering, que tem um canal de react no YouTube, mantém suas análises no campo musical. No entanto, a letra de "Hell on Earth" chamou a atenção do compositor erudito e o fez tecer comentários sobre a mensagem por trás dos versos escritos pelo baixista Steve Harris.

Inicialmente, enquanto ouvia a longa introdução da faixa, Doug Helvering citou as passagens instrumentais como "hipnóticas". O músico chegou a aprender a tocar alguns trechos da composição no piano enquanto a escutava.

"Há algumas pequenas progressões aqui, mas todas elas estão firmemente no campo de mi menor (Em). Eles ainda não chegaram a nenhum outro lugar", disse ele, conforme transcrito pelo Whiplash.Net, pouco antes dos vocais de Bruce Dickinson entrarem.

Nos primeiros momentos com o cantor na música, o compositor erudito observou: "É interessante que a guitarra está dobrando a voz de Bruce". Esse detalhe foi destacado pelo baterista Nicko McBrain, em entrevistas recentes, como um elemento relativamente novo para a banda que acabou entrando em "Senjutsu".

Letra e mudanças de andamento

Doug Helvering, que ouviu a faixa pela primeira vez enquanto gravava o vídeo, observou que a letra apresenta trechos impactantes. Ele ressaltou trechos como os transcritos e traduzidos (via Letras.mus.br) a seguir:

- "E conte suas bênçãos ainda vivas; daqueles que conseguiram sobreviver; dentro do esquecimento daquele inferno na Terra'"

- "Tudo o que você tem sido, tudo o que você tem visto; perdido em algum lugar nos seus sonhos; como os anjos, eles caíram; nada é o que parece ser"

- "Nas vozes que você ouve agora; Nas vozes na sua cabeça; Agora estão pensando em uma vida inteira; Que você nunca mais poderá sentir novamente"

O compositor, então, refletiu: "É como nos sentimos nos dias de hoje: a vida com o coronavírus, a pandemia, além de colocar luz em corrupção em governos e injustiça no mundo todo, além de nossa inabilidade coletiva de fazer algo para arrumar isso. Quando o normal voltar a ser normal, não parecerá normal, pois todos mudamos. Uau".

As mudanças de andamento também chamaram a atenção de Doug. Quando a música cai para uma passagem acústica logo após solos de guitarra, ele comenta: "Ótima transição aqui. É como se te dessem a oportunidade de amadurecer o que você acabou de ouvir, tanto musical quanto liricamente".

Ao concluir sua audição, ele destacou: "Que Deus proíba que esse seja o último álbum do Iron Maiden, mas isso é profundo, uma declaração final. Espero que lancem mais músicas, mas isso é um aviso vindo de quem já viu algumas coisas na vida. É muito profundo. [...] Você tem a chance, você tem o fusível que pode acender as chamas das pessoas e suas emoções. Você pode estimular suas alianças, ações, envolvimento político. É o poder em suas mãos".

Por fim, Doug Helvering deixou claro que não sabe qual é o ponto de vista específico do Iron Maiden em termos de política sociedade, mas entende que "Hell on Earth" é um chamado para reconhecer a injustiça em nossa sociedade e nosso mundo". "Não deveria ser assim, é arrogância de nossa parte. "Se você vê algo que não faça sentido, tenha curiosidade. Tente aprender mais sobre aquilo. Se você não sabe muito e julga algo, pare e tente não julgar muito, seja mais empático ao ponto de vista. Daí, com sorte, podemos ter um pouco menos desse 'inferno na Terra'", concluiu.

O vídeo completo, com o react de Doug Helvering a "Hell on Earth", pode ser assistido no player a seguir (em inglês, sem legendas).


 Fonte:www.whiplash.net




Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário