[ BLAZE BAYLEY ] - Diz que o Iron Maiden tomou uma decisão consciente para excluir harmonias de guitarra do The X Factor

Sempre achou o clima do álbum The X Factor pesado? Obscuro? Eis então a explicação. 

SENJUTSU Já está entre nós! Garanta o seu e complete sua coleção! CLIQUE AQUI!!

O ex-vocalista do IRON MAIDEN Blaze Bayley ofereceu um vislumbre tentador do processo de gravação da banda na década de 1990, explicando que as lendas do heavy metal britânico tomaram uma decisão consciente de abandonar um dos elementos-chave de seu som distinto antes de sua estreia vocal em 1995 no " THE X FACTOR ".

Falando a Eonmusic sobre seus shows recentes, nos quais ele tocou um set de "anos MAIDEN", ​​Blaze disse: O set de aniversário era meio que meus favoritos e os que eu realmente gosto de fazer - aqueles que parecem velhos amigos. E há muita música boa nesses álbuns, mas faço tudo no meu próprio estilo. "Passando a explicar que ele e seus companheiros de banda mudaram a forma como abordam as faixas, o cantor disse: "Eu não faço a versão de estúdio de 'Virus'; faço uma versão que evoluiu ao longo dos anos que Chris Appleton [guitarrista], eu e o resto dos rapazes assumimos nossa própria forma, para fazer o nosso próprio caminho, e isso é muito bom. " 

 Foi então que Blaze revelou que o IRON MAIDEN tinha tomado uma decisão consciente de remover seu estilo de guitarra harmônica de seu som durante os preparativos para o que se tornou o décimo álbum da banda. Bayley disse: “No 'The X Factor', não há harmonias de guitarra, há guitarras uníssonas, e eu as coloquei de volta [ao tocar as músicas com minha banda solo]. Nós pensamos, 'Como você se sente em colocar harmonias? ' E eu digo, 'Sim, nós faremos', então meu set tem aqueles toques nele. "

Quando questionado para esclarecer que foi um movimento muito deliberado do MAIDEN para não incluir harmonias no "The X Factor", ele confirmou: "Sim, essa foi uma decisão consciente da banda. Eu não estava envolvido nessa decisão." Pressionado sobre por que eles iriam se afastar tanto do som tradicional do MAIDEN, o cantor disse: "Não sei. Não posso comentar. Você teria que falar com Dave [Murray] e Steve [Harris] sobre isso, na verdade. Mas foi naquela época; era onde estava. É um período de tempo. As bandas passam por transições e fazem coisas diferentes, e então a próxima versão do MAIDEN tem três guitarras. Então, você não teria previu isso. 'Oh, estamos tendo uma reunião, exceto que não é bem uma reunião. É na verdade muito mais do que uma reunião - estamos tendo uma enorme reinvenção de nós mesmos.' E, claro, é fantástico; é absolutamente maravilhoso. "

Em outro lugar, o vocalista do WOLFSBANE comentou sobre o trabalho com Harris e Janick Gers em 1998 para o álbum "Virtual XI", especificamente na faixa "Como Estais Amigos". Blaze disse: “Levamos para o ensaio, mostramos para Steve e dissemos: 'O que você acha disso?' E ele disse, 'Eu amo isso, mas não faz isso lá. Faz isso lá e faz aquilo lá.' Eu digo, 'Oh não. Você está brincando comigo.' E eu disse: 'Achei que estava acabado.' E ele disse: 'Não, Blaze. Não está acabado.' Ele espalha sua magia sobre ele e faz um pouco de reorganização, e aí está, é claro, e faz todo o sentido. "

Fonte: https://www.eonmusic.co.uk/blaze-bayley-eonmusic-interview-september-2021.html
Fonte: https://www.blabbermouth.net/news/blaze-bayley-says-iron-maiden-made-a-conscious-decision-to-exclude-guitar-harmonies-from-the-x-factor-album/

 


Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário