[ IRON MAIDEN ] - Banda aperta ainda mais o cerco contra lojas virtuais que vendem produtos relacionados com o grupo


O Iron Maiden anunciou que tomará medidas contra falsificadores na internet, acusando-os de infringir as marcas que levam o nome "Iron Maiden". O pedido foi apresentado na terça-feira, 23 de janeiro, no Tribunal Distrital dos EUA no distrito norte de Illinois, Divisão Leste.

De acordo com a banda, a alegação é a de que os falsificadores on-line estão negociando a reputação da banda, e infringindo os números de marca registrada 4.848.431; 3.840.031; 1.307.146; 1.306.972; e 1.308.370. Cada um desses números é vinculado à uma marca que incluía o nome "Iron Maiden".

O Iron Maiden vende a mercadoria da banda através de sua loja online. O grupo disse que desde o lançamento inicial dos produtos da marca, a banda tem continuamente comercializado e promovido as marcas.

De acordo com o Iron Maiden, as lojas de internet são projetadas para parecer serem varejistas autorizados on-line que vendem produtos genuínos da banda.

O grupo está buscando uma liminar permanente contra os vendedores on-line, a transferência dos domínios, e ambos os lucros ou $2.000.000 de multa para cada uso infrator. Pediram também ao tribunal que ordenasse que quaisquer mercados on-line desativassem e cessassem de prestar serviços aos réus que vendessem as mercadorias falsas.

"O requerente é forçado a apresentar esta ação para combater a falsificação das marcas registradas do requerente, bem como para proteger os consumidores desatentos de comprar produtos do Iron Maiden não autorizados pela Internet", acrescentou o pedido.


Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

0 comentários:

Postar um comentário