[ESPAÇO DO LEITOR] - Alexander The Great tocar ou não, eis a questão

Fala pessoal! Tudo em paz? Estamos aqui em mais um espaço do leitor! E desta vez temos a análise ou melhor dizendo reflexão que o Felipe Santos fez a respeito da questão envolvendo a execução da Alexander The Great.


Gostaria que vocês postassem. É mais uma reflexão do que uma matéria, mas acho legal como curiosidade tratar desse assunto novamente, já que estamos nos aproximando de mais uma turnê.
Admiro o trabalho de vocês.
UP THE IRONS!

Por Felipe Santos


Nessas férias fiz uma viajem do Paraná ao Rio Grande do Sul e decidi que durante a viajem eu iria brincar com a loucura. Resolvi escutar durante a viajem toda a discografia do Maiden (que sem contar com os 90 minutos do TBOS, tem cerca de 13 horas).
Foi uma longa trajetória dês do ano de 1980, portanto, tive muito tempo para pensar na história e no futuro da banda. Foi na passagem pelo Somewhere In Time que refleti mais, talvez pelo próprio clima de viajem psicológica do álbum, e o que mais me intrigou foi o dilema de Alexander The Great. Por qual motivo eles não poderiam tocar ela na turnê de 2016?
Apesar de ser uma grande música e um dos maiores épicos do Iron eles nunca tocaram ela ao vivo. Existem alguns motivos os quais vou citar:
1) Bruce disse em uma entrevista que não se sente motivado pra cantar essa musica, em geral disse não curtir muito cantar os épicos da banda.
2) Adrian não conseguiu na época da Somewhere on Tour (1986) lembrar e reproduzir o solo, devido o uso de muitos sintetizadores.
3) A música não sairia bem ao vivo pelo fato de conter muitos sons sintetizados e passagens de teclados.

Bom, vou tentar dar breves soluções para esses impasses. Bruce poderia fazer uma forcinha para agradar seus fãs que tanto querem ouvir essa música em shows. Adrian, com a experiência que possui hoje conseguiria pegar o solo com certo esforço, sendo ainda que pode dividi-lo com Janick, pois realmente é um solo cumprido. O fato dos sintetizadores pode ser resolvido com adaptação para guitarras, já que a música foi gravada com duas guitarras e hoje temos três. Ou simplesmente colocar Michael Kenney em ação, como em Seventh Son. Acho esse terceiro ponto um pouco fácil de resolver, pelo fato do Maiden tocar, ao vivo, outras músicas que possuem muito teclado, como Blood Brothers e Paschendale.
Outro pensamento que tive é que seria animal se a Donzela tocasse músicas do Powerslave na turnê do TBOS, pois os álbuns possuem temáticas parecidas. Back In The Village seria um exemplo.
Esta lançado o desavio. Seria bom ouvir "My son, ask for thyself another kingdom, for that which I leave is too small for thee" ao vivo e talvez até ter um Eddie Alexandre o Grande no palco.

Ótima espera até 4 de setembro para todos!!!




E ai o que acham?

O ESPAÇO DO LEITOR É MAIS UM DOS MUITOS ESPAÇOS QUE O SITE IRON MAIDEN BRASIL OFERECE PARA QUE OS LEITORES, OUVINTES E FÃS DA MAIOR BANDA DO MUNDO SE EXPRESSAREM.

FOTOS, COLEÇÕES, TEXTOS, PESQUISAS, ANÁLISES, CURIOSIDADES É SÓ ENVIAR PARA IRONMAIDENBRASIL@GMAIL.COM

ABRAÇO A TODOS!


Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

2 comentários:

  1. Uma banda mitológica como IRON MAIDEN que fez uma canção sobre uma lenda ahistórica, atemporal como o macedônico Alexandre Magno que este venerava o grande mythos de o maior guerreiro de todos os tempos, Aquiles... inspirado neste como Steve Harris assim sucedeu... Criando um dos solos pós-modern synth mais legais dos anos '80... como o solo da música Powerslave, tem de ser revigorado, renascer com mais uma extensão de Janick Gers... com dois Eddies Somewhere in Time and The Final Frontier duelando... seria como deixar o ultra-cenário do KISS, que sempre foi cordial ao Maiden, criativo no tempo... Genesis Eddie Somewhere in Time... I Will be Back... com Eddie The Final Frontier enrrascado no fundo do solo de Alexander the Great... Renovando a saga eddéia

    ResponderExcluir
  2. Vamos parar de sonhar. O Maiden jamais tocou uma musica que não tenha entrado em sua tour de origem . Esse papo que o adrian não sabe tocar o solo é uma brincadeira da banda...até porque o Adrian é o guitarrista mais técnico do Maiden , então é pura ladainha...

    ResponderExcluir