As aparições de Eddie PART IV

Em 2006, mais uma tour é iniciada pelo Iron Maiden para promover o disco A Matter of Life and Death. E, como não poderia ser diferente, temos 2 Eddies durante o show. A primeira aparição ocorre durante a música Iron Maiden quando, após o solo de baixo, várias luzes começam a piscar frenéticamente e barulhos de explosões e tiros ecoam das PAs. Durante este tempo, um enorme tanque de guerra se ergue atrás da bateria e, quando a escotilha se abre, Eddie surge, observando a todos com um binóculo.
A segunda aparição de Eddie ocorre durante a música The Evil That Men Do. Assim como o Eddie anterior, este está vestido como um soldado.
Os 2 Eddies foram mantidos na 2ª e 3ª leg da tour, que ocorreram em março e junho de 2007, respectivamente.
Em 2008, o Iron Maiden embarca numa turnê para divulgar o lançamento do DVD Live After Death. Durante a 1ª leg, que ocorreu entre fevereiro e março, tivemos a presença de apenas um Eddie: um boneco muito bem feito baseado na capa do disco Somewhere in Time entra em cena durante a música Iron Maiden, após o solo de baixo. Em alguns shows entre 1984 e 2005 a banda também usou apenas o Eddie andante durante a música Iron Maiden, mas todos os shows da 1ª leg tiveram apenas este. Nos shows realizados na Austrália, Estados Unidos e Canadá, fogos de artifício surgem no palco durante a aparição.
Em maio de 2008, com o início da 2ª leg da tour, o Iron Maiden nos apresenta mais um Eddie: uma múmia gigante, como a que foi usada durante a World Slavery Tour na música Iron Maiden. Assim como em 84/85, um sarcófago com o rosto do Eddie se abre após o solo de baixo em meio a labaredas, e a enorme múmia começa seu espetáculo, se movendo e soltando faíscas pelos olhos ao fim da música. Um detalhe interessante sobre este Eddie é contado em um dos diários de Rod Smallwood: segundo ele, o Eddie múmia deveria ter sido maior do que o usado na World Slavery Tour. Ou, nas palavras do próprio Rod, "ele não era maior. Seus braços formavam uma linha reta para baixo, com os punhos bem molengas. E ele era muito esfarrapado. Fizemos tudo que podíamos na América do Norte para que parecesse o melhor possível, chacoalhando-o, chutando-o, mas não ficou tão bom quanto deveria ser. Para ser honesto, eu o achei um pouco embaraçoso às vezes, sabendo como deveria ser realmente". Mas, durante os intervalos entre os shows de Paris e Londres, em julho, algumas mudanças ocorrem no corpo do Eddie. Como nos conta Rod, "o corpo e os braços foram engrossados e os punhos ficaram mais firmes. As bandagens foram melhor distribuídas e Eddie foi devolvido à sua antiga glória!!!". Podemos notar mesmo as diferenças, vendo como Eddie estava "magrelo" na leg norte americana e como ficou "forte" na leg européia. Seguem fotos e vídeos:
Em sua segunda aparição no show, o mesmo Eddie usado durante a 1ª leg da tour volta durante a música The Clairvoyant. Fogos de artifício surgem no palco durante sua participação. Durante a 4ª leg da tour, realizada em 2009, o Eddie menor aparece durante a música The Evil That Men Do, visto que The Clairvoyant foi retirada do setlist.
Em alguns shows de 2009, somente o Eddie ciborgue foi usado (durante a música Iron Maiden).
Em junho de 2010, o Iron Maiden anuncia o lançamento de um novo disco de estúdio, The Final Frontier. O lançamento ocorrerá no dia 16 de agosto. Como em 2003, onde fizeram uma tour com uma música do futuro disco novo, uma faixa do vindouro álbum (El Dorado, disponibilizada no site oficial 2 dias antes do início da tour) também é tocada durante os shows. Nesta primeira leg, que começou dia 11 de junho em Dallas e terminou dia 20 de julho em Washington, apenas um Eddie foi usado durante os shows: um boneco baseado na capa do novo disco que anda pelo palco na musica Iron Maiden. Este, na minha opinião, é o melhor Eddie ja feito para se andar no palco. Ao fim da música, um membro da Killer Crew entrega uma guitarra para Eddie, que a "toca" junto com Dave Murray. Simplesmente sensacional.
Em 2011 a banda sai para a "The Final Frontier World Tour", onde a estréia do Big Eddie foi em São Paulo usado na música Iron Maiden e usando também o walking Eddie que foi usado na leg de 2010 da respectiva tour na música The Evil Tha Men Do.
Big Eddie:

Temos de reconhecer que, de fato, as aparições do Eddie fazem uma grande diferença nos shows do Iron Maiden. Tá certo que o que importa é a banda tocando, mas convenhamos: saímos bem mais felizes do show tendo visto Eddie fazendo suas aparições, seja mumificado, robotizado, soltando faíscas dos olhos, num tanque de guerra ou tocando guitarra. Espero que gostem do tópico e que debates saudáveis saiam dele. Agradecimentos especiais à minha irmã Aline, que revisou todo o texto, à Aghata Murray, que corrigiu vários erros de português, e ao Rafael Beraldo, Rauan, Tiago Exorcista,Marcelo, Gabriel e Letícia Murray pelas opiniões positivas desde que comecei a criar o tópico, há uma semana.

ENJOY!!! =]



Part I - Clique Aqui
Part II - Clique Aqui
Part III - Clique Aqui
Part IV - Clique Aqui

Sobre Iron Maiden Brasil Noticias

Iron Maiden Brasil Noticias

4 comentários:

  1. cara, aquele Eddie do Matter, que saia do tanque de guerra... fantástico! Os da Somwhere in time pow, nem tem o que comentar ... todos muito bons tbm! Esse atual "mostro do lixo espacial" eu achava estranho, mas depois de ver o boneco ao vivo... é fodasso!

    ResponderExcluir
  2. sem duvida nenhuma eddie é um elemento da banda que não pode faltar ao show do maiden, é realmente incrivel e indispensavel

    ResponderExcluir
  3. parabéns pela matéria ficou foda!!!

    ResponderExcluir
  4. Esse Eddie tank da tour do AMOLAD é um dos mais fodas top 3 certeza!

    Se vc reparar bem nos dvds bootlegs gravados ( recomendo o uniondale) dá pra ouvir o barulho de ferragens e o som de um tanque de guerra trovoando pelo local do show quando esse eddie surge. É emocionante e pude v~e-lo justamente em NY onde passei férias.

    Parabéns pelo site. Vocês fãs brasileiros sempre são demais

    Peter Nichols - Ny

    ResponderExcluir