[ BLAZE BAYLEY ] - A patada que ele levou de Steve Harris ao pedir fita de teste

 Blaze Bayley passou por uma - ou melhor, mais de uma - audição para ocupar a vaga no Iron Maiden. O vocalista fez parte da banda entre 1994 e 1999, no posto deixado e posteriormente reassumido por Bruce Dickinson.

Em entrevista ao 80s Glam Metalcast, transcrita pelo Ultimate Guitar, Blaze relembrou como foi o teste para se juntar ao Maiden. Em meio à história, ele ainda revelou que levou uma "patada" do baixista e líder da banda, Steve Harris, ao pedir a gravação de sua audição.

Inicialmente, Bayley contou que conhecia os caras do Iron Maiden desde antes da oportunidade, pois sua banda, o Wolfsbane, abriu shows para eles. "Éramos a banda de abertura e eu entrei para o time de futebol deles. Perguntavam se eu jogava, eu falei que era ruim, mas conseguia correr. Foi isso. Faltavam jogadores e eles me colocaram, foi tão divertido", disse.

Como os membros da banda já conheciam o trabalho de Blaze, não foi difícil conseguir uma audição. "Achei que queriam alguém que soasse como Bruce, muita gente soa como ele, pois ele é muito influente. Mas eles quiseram algo diferente. Não sei o motivo, mas acho que me escolheram por ser diferente. [...] Me perguntei o que iria fazer, pois a audição tinha músicas como 'Fear of the Dark', 'The Trooper', 'Hallowed be thy Name' e 'Wrathchild'", contou.

Para encarar o teste sem nervosismo, Blaze Bayley decidiu que apenas iria se divertir. "Pensei: 'por uma hora, estarei no Iron Maiden e ninguém pode tirar isso de mim'. Minha abordagem foi essa. Pensei: 'não há mais nada que eu possa fazer, não há preparação; se eu mandar mal, é isso, não dá para fugir'", disse.

A primeira audição foi em um ensaio, enquanto a segunda ocorreu em um estúdio de gravação. Foi quando Blaze levou uma legítima patada de Steve Harris. "Perguntei a Steve na época: 'eu vou poder pegar uma fita dessas, uma fita minha cantando com a backing track da banda?'. Ele respondeu: 'bem, se você não conseguir entrar para a banda, a gente te manda uma fita do cara que conseguiu o trabalho'. Achei muito duro da parte dele", afirmou.

Apesar disso, deu tudo certo para Bayley. "Semanas depois, do nada, recebi uma ligação dizendo que eu havia entrado e me chamando para uma reunião. Foi isso. Uma montanha-russa. Muito intenso. Steve me disse: 'não criamos nenhuma música para o novo álbum até agora; não me importa quem crie as músicas, desde que sejam ótimas'. Eu era novo na banda, mas podia usar minha criatividade junto à experiência dos caras para criar músicas que acabaram resistindo ao teste do tempo. Foi incrível para mim. Aprendi muito", comentou.

A entrevista completa pode ser ouvida, em inglês e sem legendas, no player de vídeo a seguir.

Fonte: https://www.ultimate-guitar.com/news/general_music_news/singer_speaks_on_how_steve_harris_treated_him_when_he_replaced_bruce_dickinson_in_iron_maiden_shares_opinion_on_david_lee_roth.html

Fonte: www.whiplash.net

Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário