[ BLAZE BAYLEY ] - Contando como foi seu teste para entrar na banda

 Blaze Bayley, ex-vocalista do Iron Maiden, foi entrevistado pelo Metal Mike para o podcast 80's Glam Metalcast para divulgação do "War Within Me", seu novo álbum de estúdio, lançado no dia 9 de abril de 2021.

Durante o bate-papo o vocalista falou sobre sua audição para o Iron Maiden, e as músicas que gravou com a banda durante sua passagem entre os anos de 1994 e 1999, onde gravou os discos "The X Factor" (1995) e "Virtual XI" (1998).

"Eles fizeram muitos testes, gravaram muitas fitas, e eles já tinham meus CDs, então eu pedi uma audição e consegui. Eu realmente pensei que eles iriam atrás de alguém que soasse como Bruce Dickinson. Bruce é um vocalista de metal muito influente, e haviam muitos cantores que soavam parecidos com ele por causa dessa influência, mas eles escolheram um caminho diferente. Não sei por que, mas acho que eles me escolheram porque eu era diferente e isso começou algo na banda, foi o começo da era progressiva do Iron Maiden. Eu fiquei chocado, minha voz é tão difernete, eu achei que não fosse ganhar a vaga. Foi um teste de dez músicas que quase sempre estiveram no setlist. Músicas como 'Fear of The Dark', "The Trooper" e 'Hallowed By Thy Name', 'Wrathchild'."

"Eu pensei por uma hora que 'eu sou o cantor do Iron Maiden, e ninguém pode tirar isso de mim'. Foi assim que eu abordei, não havia mais nada que eu pudesse fazer. Não há mais preparação. Se eu errar, acabou. Eu conhecia todas as partes da bateria, porque era um grande fã, os solos de guitarra, os arranjos, muito bem, pois eu amava o Iron Maiden. Eu senti que eu fui bem. Então teve uma segunda audição onde eles gravam sua voz, para ver como você vai soar no estúdio, o que é muito inteligente. Perguntei ao Steve Harris se poderia conseguir uma fita minha cantando com a faixa de apoio da banda e ele disse: 'Bem, se você não entrar nós lhe enviaremos uma fita do cara que entrou', o que eu achei muito cruel! Algumas semanas depois recebi um telefonema dizendo 'você entrou, venha para uma reunião'. Foi uma montanha russa de emoções depois disso, muito intenso!", contou Blaze.

Na época Steve Harris disse, de acordo com Blaze: "não há nenhuma música escrita para o novo álbum, eu não me importo quem for escrever as músicas desde que sejam ótimas músicas, se forem ótimas elas entram para o álbum."

"Lá estava eu, novo cara na banda, podendo usar minha criatividade com a experiência que eu tinha e a vasta experiência que Steve Harris e o resto dos caras tinham para compor músicas realmente ótimas que acho que passaram pelo teste do tempo, e foi uma maravilhosa experiência pra mim, e as lições que eu aprendi lá no álbum 'X Factor', quando você ouve meu novo álbum, 'War Within Me', tem um link direto entre o que fizemos naquela época e o que eu faço agora. As coisas que eu aprendi, eu guardei essas lições, é por isso que meu disco saiu tão bom como saiu, pois eu tive esse tempo maravilhoso com o 'X Factor' e o 'Virtual XI'".

A entrevista completa pode ser vista no vídeo abaixo.

Fonte:https://www.youtube.com/watch?v=WIahC0VFHgM
Fonte: www.whiplash.net


Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário