[ MICHAEL KISKE ] - ouvi The X Factor do Iron Maiden com Adrian Smith e não entendemos

 Michael Kiske nunca escondeu a influência do Iron Maiden em sua trajetória. O vocalista do Helloween chegou a ser cotado, ao menos conforme relatos da imprensa da época, para ocupar o microfone principal da banda após a saída de Bruce Dickinson em 1993 - o escolhido acabou se tornando Blaze Bayley.

Em entrevista ao Loudwire, Kiske falou um pouco sobre essa situação. O cantor foi perguntado se vê um paralelo entre supostas decisões ruins tomadas pelo Maiden, ao selecionar Bayley para substituir Dickinson, quanto o Helloween, com os problemas internos que racharam a banda, no início da década de 90 - vale lembrar que Michael deixou a banda que o revelou também em 1993.

Inicialmente, o cantor disse que não imagina Iron Maiden sem Bruce Dickinson e Judas Priest sem Rob Halford, mas fez elogios à forma como o Helloween deu sequência às suas atividades. Andi Deris, então frontman do Pink Cream 69, assumiu o posto deixado por Kiske.

"O Helloween não se saiu tão mal com Andi (Deris, vocalista que entrou em 1994). Ele era exatamente o que a banda precisava naqueles tempos e, em minha opinião, ele salvou o Helloween no início da década de 90", afirmou.

Michael admitiu que não ouviu "Master of the Rings" (1994), primeiro álbum do Helloween com Andi, na época de seu lançamento. "Eu não ligava. Mas agora, posso ouvi-lo de forma objetiva e entendo por que esses álbuns (com Deris) fizeram tanto sucesso - soam como Helloween, mas de forma atualizada", disse.

Na sequência, Kiske disse que não gostaria de ofender Blaze Bayley de forma alguma, pois não o conhece, mas comentou: "ele não é Bruce Dickinson". Ele revelou, ainda, que ouviu "The X Factor" (1995), primeiro álbum do Iron Maiden com Bayley, ao lado do guitarrista Adrian Smith, que havia saído da banda anos antes, em 1989.

"Ouvi o disco com Adrian Smith em meu apartamento, quando nós estávamos trabalhando em meu primeiro disco solo ('Instant Clarity'). Não conseguíamos entender o que ouvíamos. Todo o espírito daquele álbum era muito estranho", declarou.

Michael Kiske no Iron Maiden?

Em meados da década de 1990, alguns veículos especializados apontaram que o Iron Maiden realizou um concurso para encontrar um novo vocalista, após a saída de Bruce Dickinson. Ainda segundo essas publicações, Michael Kiske teria sido um dos finalistas.

Todavia, o próprio Kiske disse à revista Rock Hard em 2009 que nunca foi chamado para se juntar à banda, participar de algum concurso ou algo do tipo.


Fonte: www.whiplash.net

Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário