[ CURIOSIDADE ] - A história da outra capa de Maiden Japan

Uma história curiosa na carreira da Donzela de Ferro é a que envolve o último registro de Paul Di'Anno como vocalista do IRON MAIDEN: o disco "Maiden Japan" (1981) e suas duas capas diferentes.

O fato do disco ter sido lançado assim não foi uma forma de agradar ao mercado japonês, local da gravação do petardo, sempre agraciado com edições diferenciadas (bônus, faixas ao vivo, covers, etc.), mas sim, uma baita cutucada em Paul Di'Anno que estava sendo desligado nos bastidores para a entrada triunfante de Bruce Dickinson.

O livro "Where Eagles Dare - IRON MAIDEN nos Anos 80", do escritor Martin Popoff e lançado esse ano no Brasil pela Editora Denfire, descreve como aconteceu essa curiosa história:
"Visualmente, grande parte do mundo contou com uma capa ameaçadora onde Eddie brande uma espada Samurai, mas a Venezuela e o Brasil tiveram uma variação curiosa, uma cena quase em sequência de Eddie no mesmo cenário, segurando uma cabeça decepada, a de Paul Di'Anno - digo, quase em sequência, pois no meio tempo parece que Eddie baixou a espada e pegou um machado para fazer o trabalho."



"Rod (nota: Rod Smallwood empresário da banda) viu a capa e enlouqueceu; tive que fazer outra apenas com Eddie", comenta Riggs (nota: Derek Riggs, ilustrador das capas do IRON MAIDEN) sobre a variante sul-americana altamente colecionável. Descobri depois que o que aconteceu foi que Paul estava tendo muitos problemas com sua voz e a banda estava procurando por outro cantor, meio que nas suas costas. Eles não queriam que Paul soubesse disso, porque ele desapareceria e os deixaria na mão. Mas ele estava meio que sacando que algo estava acontecendo. Então, se ele tivesse visto essa capa do Eddie segurando a cabeça dele, isso o teria assustado. Ele teria explodido. Não era nada que eu tivesse contra alguém, era apenas a imagem óbvia a ser feita no momento, pois ninguém ligaria se eu colocasse a cabeça do baterista (risos). Mas, por causa das circunstâncias, tudo acabou tendo que ser reconsiderado. "

 ( Capa """Tradicional")

"Enviaram uma cópia para Rod para prova, porque eles os enviam para os empresários, apenas para garantir que tudo esteja do jeito que eles queriam e se certificarem que estão fazendo um bom trabalho. Como foi tudo feito meio que na correria, ele não tinha visto antes, então quando finalmente caiu na mão dele, disse: "Caramba, não podemos usar isso". Tive que fazer um novo para ontem (risos). Algumas cópias sobreviveram; você pode encontrá-las no eBay. Mas eu nem sabia que eles estavam tendo problemas com Paul. Sempre foi assim com o IRON MAIDEN. É um pouco estranho. Você sabe, fazíamos algo e, mais tarde, acontecia alguma coisa um pouco além da coincidência; era um pouco assustador. "

"Alguém me mostrou uma vez" lembra o próprio vocalista decapitado, que cria uma teoria contrária à de Derek, ou à falta dela. "Acho que foi uma maneira de dizer apenas, 'bem, é um rompimento limpo' (risos). Não, isso nunca me incomodou muito. Eu nem pensei nisso, para ser sincero com você. "

Para ler outras histórias curiosas do IRON MAIDEN e sua trajetória durante a década de 80, adquira o livro "Where Eagles Dare - IRON MAIDEN nos Anos 80", lançado pela Editora Denfire aqui.

Fonte: Whiplash.net

CLIQUE NO BANNER E GARANTA LOGO A SUA!


https://bit.ly/3c9yKtp

Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário