[STEVE HARRIS] - 62 anos do imperador do Heavy Metal


Steve Harris - 62 anos do Imperador do Heavy Metal




Devia ser apenas mais um dia frio de Natal na Inglaterra, em especial na região de Leytonstone*; enquanto as famílias trocavam crackers** ou faziam pequenas brincadeiras que quase sempre remetiam à vida da família real, quando um jovem decidiu escolher este  dia, como um dia mais do que especial... 

( **Crackers são armações feitas em papelão, onde duas pessoas puxam, uma de cada lado, e quem ficar com a parte maior, recebe dentro da embalagem uma piada, um brinquedinho e uma coroa em papel de seda.É um comum ser presenteado na noite de natal)



**Leytonstone, região do Leste de Londres, também conhecido como a terra de Alfred Hitchcock e David Backham




Isso foi há 42 anos atrás, quando um dos maiores nascimentos da história do rock e metal, compartilhava da manjedoura do menino Jesus... Um jovem franzino e cheio de sonhos, apertaria o “start” de algo que transformaria milhões de pessoas no mundo, por DÉCADAS e talvez por toda eternidade...Ele havia criado uma banda.


Um jovem apaixonado por futebol e dedicado ao seu time preferido: O West Ham: Time popular entre os moradores da região do East London. Um dedicado e incansável fã do futebol, mas que dividiria seu coração com a música. Sim, ele criou uma banda.

A música que borbulhava ardente em Londres, numa época que era o auge da manifestação de hooligans, punks e de uma música já bem mais barulhenta,  com o incremento anterior da “Beatlemania” . 



Mas ele não podia jogar bola e ter cabelos compridos, e queria que suas longas madeixas nunca fossem cortadas. Ele não queria deixar de ser o que era, e militante das condições que escolheu pra si, optou pela música ao contrário do futebol.


Lançaram-se os dados...

Steve começava seu grande plano. Um excelente gestor, absolutamente impecável na escolha dos caminhos a seguir. Estabeleceu suas regras rígidas e soube usar o talento nato, que surgia ao longo de sua trajetória.



Juntou um bocado de amigos e os trocou de lugar, um monte de vezes.  Admitiu, demitiu, chamou de volta e outros, não aceitou mais...  



Os melhores ocuparam seus cargos vitalícios, e o time, a equipe estava pronta. O grupo era finalmente impecável.

O Iron Maiden estava pronto. Pronto para a eternidade. Construído com "massas de modelar" que contou com influências e personagem determinantes. E como qualquer sonhador, Steve se iludiu com algumas coisas, cometeu alguns pequenos erros. Mas aprendeu com todos eles e se fortificou. Ergueu um reinado, um império e como Alexandre o Grande, levou sua monarquia pelo mundo.



Seus cabelos jamais seriam cortados, e este Sansão descobriu  portanto, que embaixo daquela cabeleira havia uma grande fortuna, um tesouro inestimável, que ia além das cordas do seu contrabaixo. Era a sua cabeça visionária, incrível, genial e com tantas histórias para contar, tantas palavras para dizer, letras a escrever , composições que nos tocariam de uma forma sobrenatural. Um grande guerreiro em sua majestade espalhando seu talento pelo mundo.



Este homem, menino e senhor, se tornou atemporal para nós. Nunca mais soubemos dizer o que é ouvir Iron Maiden em 1983 ou 2010. Nunca mais vimos diferença entre 1995 e 2016, pois eles percorrem nossas mentes em todas as décadas, épocas e nos conforta, nos inspiram e nos fortalece com uma imensidão de sons absolutamente ricos e empolgantes, que encantam uma parte da população mundial, de ontem e de hoje.




O Imperador tem agora seu Reino fundamentado. Já conquistou terras e seguidores. Hoje no auge da maturidade, surge o "British Lion". Além do nome de sua atual banda paralela ao Maiden, o leão ainda continua gerindo a floresta. Ainda continua seu reinado e ainda não desistiu de urrar no topo da montanha.



Esta é uma pequena homenagem ao aniversariante de hoje: 12 de março, Steve Harris. Criador do Iron Maiden, grande compositor e idealizador desta empresa e marca.

Também um dos responsáveis pela formação do estilo NEW WAVE OF THE BRITISH HEAVY METAL e excepcional baixista.



STEVE HARRIS! Honramos sua existência, seu império, e seremos sempre súditos felizes.
Seremos sempre, BLOOD BROTHERs.

Vida Longa ao REI!

Sobre Verônica Mourão

Verônica Mourão

0 comentários:

Postar um comentário