[IRON MAIDEN] - Quais foram as participações da banda no Rock in Rio

O grande festival de "Rock" do Brasil terminou neste fim de semana.

Nele houveram figuras importantes e interessantes na construção do Rock como Def Leppard, The Who e o próprio Guns´n Roses que há muito tempo não tem o brilho dos anos 90. Mas também cada vez mais é uma miscelânea de músicas de baixíssimo valor artístico-cultural e várias sem nenhum contexto com o tema do festival. Um festival que deveria ser chamar FIM - Festival Internacional de Música, pois já tem sido durante várias edições hibrido, heterogêneo e com uma mistura incompatível de gente, que fala para públicos muito diferenciados. 

Mas graças aos bons deuses ou uma força de luz, temos na história da banda de heavy metal mais importante do mundo, 3 (três) edições do Rock in Rio que se tornaram inesquecíveis e que influenciaram sistematicamente a banda e todos os seus fãs, tendo um deles registrado em CD e DVD.

Conheça esses momentos:

1- ROCK IN RIO 1985



O Brasil passava por um momento especial, pois desde o inicio dos anos 80 a música pesada começava a entrar no país através de algumas personalidades ligadas às gravadoras, distribuidoras e até imprensa da época. O show do Kiss já tinha se tornado um grande evento que influenciou sistematicamente vários jovens em 1983, o que influenciou a formação de novas bandas de rock. Mas 1985 era o auge do METAL, era o auge do rock e de tantas músicas incríveis. 1984 foi um ano de grandes gravações musicais na Inglaterra e nos Estados Unidos (como Powerslave), que fez com o que a participação da banda no festival estivesse dentro do World Slavery Tour.


Data do show do Maiden: 11 de Janeiro de 1985

Público máximo: 270 mil pessoas


Bandas de destaque: Queen, Whitesnake, Nina Hagen, AC DC, Scorpions, Ozzy Osbourne, Yes, além de várias outras bandas de rock nacionais e internacionais.

Fatos curiosos: Bruce Dickinson se machucou com uma guitarra no rosto (vertendo sangue pelo supercílio) durante a execução da música Revelations; haviam vários problemas de retorno, portanto Bruce recorreu por várias vezes ao técnico de som através de agachamentos ou escondendo a boca durante o show, para chamar atenção sobre isso. Depois houve a explosão de fogo no palco, Bruce teve que dar pisadelas para apagar o resto da chama; etc.






2- ROCK IN RIO 2001



Depois de um longo período (1994 a 2000) distante da banda para poder se dedicar à sua carreira solo, Bruce Dickinson finalmente retornava ao Iron Maiden. Depois de uma incrível história de sucesso, a banda teve esse percalço que fez com que investissem num novo vocalista, sendo escolhido o britânico Blaze Bayley, vocalista da Wolfsbane. O inesperado no entanto aconteceu, e a história de Blaze ruiu enquanto Bruce foi convidado a regressar ao Maiden, ao que parece ter sido um acontecimento organicamente perfeito. O Rock in Rio, foi a volta aos grandes palcos para Bruce Dickinson que se emocionou muito com o momento e trouxe uma nova era à banda. Tudo isso teve uma imensa frequência de modo a fidelizar os antigos e trazer novos fãs à banda.


Data do show do Maiden: 19 de Janeiro de 2001

Público máximo: 350 mil pessoas


Bandas de destaque: Guns n Roses, Rob Halford, Sepultura, Neil Young, Deftones além de várias outras bandas de rock nacionais e internacionais.

Fatos curiosos: Era uma época onde as câmeras começam a permear toda a vida das pessoas e todos os ângulos, e ninguém menos que a Multishow para espalhá-las pelo palco no meio da apresentação. Mas Bruce destruiu algumas, pois mal sabe ele, tudo ia ser ainda mais fotografado e filmado no mundo. Os caras puderam passear durante a estada no Rio e cada um buscou um local. Campo de Golfe, escola de Esgrima, passeio na praia, futebol, foram algumas dessas preferências. Há outras curiosidas situações em que todos estavam bem nervosos!





3- ROCK IN RIO 2013



Data do show do Maiden: 22 de setembro de 2013

Público máximo: 85 mil pessoas


Bandas de destaque: Metallica, Alice in Chains, Slayer, Avenged Sevenfold; além de várias outras bandas de rock nacionais e internacionais.

Fatos curiosos: Iron Maiden estava excursionando com a Maiden England World Tour e esta com referência ao álbum Seventh Son of Seventh Son e Maiden England de 1988 e a voz de Bruce não estava das melhores. De alguma forma, todo o desgaste de uma longa tour que finalizou em 2014, pode de alguma forma ter o sobrecarregá-lo, a ponto de levá-lo ao tratamento contra um câncer de língua e garganta em 2015.


Curta cada um desses momentos na íntegra, nos links abaixo:

Edição 1985 - video
Edição 2001 - áudio
Edição 2013 - vídeo

Grupo de fãs do Iron Maiden Brasil no Facebook IMB - https://www.facebook.com/groups/ironmaidenbrasilsite/


Sobre Verônica Mourão

Verônica Mourão

3 comentários:

  1. Só um erro. Em 2001 no rock in rio não foi o retorno do Bruce aos grandes palcos. Foi o final do Brave New world tour.

    ResponderExcluir
  2. Olá Mauricio, em termos de grande público, 250 mil pessoas é sim um grande publico para qualquer banda. O Rock in Rio foi considerado emblemático para a banda e um divisor de águas segundo o livro "Run to The Hills" de Mick Wall. Fato pelo qual, foi sugerido no texto.

    ResponderExcluir
  3. Li novamente e entendi a referência "volta aos grande palcos" desculpa! E com certeza esse show foi emblemático e nós sortudos por ter registro em dvd. Abraços

    ResponderExcluir