[STEVE HARRIS] "Nós não tomamos nada como garantido"


Tradução: Verônica Mourão

O baixista do IRON MAIDEN, Steve Harris, falou com Paul Anthony na noite de quinta-feira (4 de maio) sobre a turnê europeia de 2017, The Book Of Souls, que começou no dia 22 de abril no Sportpalais, na Antuérpia.

Harris disse  "Quando pedimos ao Rod [Smallwood] (empresário da banda) um show de aquecimento, ele nos dá um show na Antuérpia para 12.000 pessoas, ou seja, não é realmente um show de aquecimento, né? Então você ainda tem essa pressão , mas eu creio que trabalhamos  sob pressão de qualquer maneira. "

"Realmente não importa onde façamos um show, qualquer primeiro show vai ser sempre hesitante,  porque na última turnê a maioria das músicas do setlist permaneceu a mesma.
Há apenas duas músicas diferentes, então nós não passamos muito menos tempo ensaiando, , obviamente estamos mais confortáveis ​​com as músicas, as novidades, porque já tocamos antes. Realmente um aquecimento – foi pra começar a tirar um pouco da ferrugem!"

Sobre adicionar "Wrathchild" e "The Great Unknown" para o setlist de 15 músicas em vez de "Tears of Clown" e "Hallowed Be Thy Name", Steve disse:

 "Nós só queríamos misturar um pouco, colocar umas duas músicas novas lá dentro, mexer para agitar as coisas... É bom fazer algumas coisas diferentes"
Harris continuou a dizer que IRON MAIDEN se recusa a descansar em seus louros, mesmo quando se trata de executar músicas que já tocaram milhares de vezes antes.
“Ainda ensaiamos!  Nós não tomamos nada como garantidos. Não somos complacentes em tudo. Somos profissionais e certificamo-nos que tudo é confortável para nós mesmos e somos confiáveis ​​quando vamos para fora.



A última coisa que você quer fazer é ir pra uma tour e não ser confiante. É um pouco como o futebol onde eles usam o match-fit (preparação física ideal para jogar).  É o mesmo tipo de coisa - você pode se preparar, correr, fazer o que quiser; pode ensaiar e tudo mais, mas ainda tem que estar lá e fisicamente estar apto para o negócio. E para fazer isso, você tem que sair e fazê-lo para uma multidão. Podemos ensaiar até que as vacas voltem para casa, mas não é o mesmo que tocar diante de uma platéia.

Harris também mais uma vez reiterou sua posição de que IRON MAIDEN não tem planos de se aposentar.

 "Eu acho que estamos todos em boa forma, então vamos fazer isso o máximo que pudermos” . "Ele [aponta para um guarda de segurança perto] está olhando para mim lá, porque ele quer um emprego para os próximos anos também. E não somos todos nós?

"The Book Of Souls" é o primeiro álbum de estúdio duplo do MAIDEN e seu mais bem sucedido até à data, estreando no primeiro lugar em mais de 40 países ao redor do mundo e No. 4 primeiros lugares nos EUA.


IRON MAIDEN "The Book Of Souls" turnê mundial vai voltar para a América do Norte para uma série extensa de arena e anfiteatro em junho e julho. Quem vai abrir o show serão os caras do GHOST.


Fonte:http://www.blabbermouth.net/news/iron-maiden-steve-harris-we-dont-take-anything-for-granted/



Sobre Verônica Mourão

Verônica Mourão

0 comentários:

Postar um comentário