[ DEREK RIGGS] - “Somewhere me cansou muito e ainda acabaram reclamando”



Iron Maiden lançou seu Somewhere in Time em 1986 com uma das capas mais detalhadas da história do Rock. E agora Derek depois de tantos anos desvenda um dos grandes segredos da aquela misteriosa capa e o que não se sabia deste trabalho.
Derek Riggs passou uma semana desenhando-as “Me cansou muito. Nessa época morava em Londres e estive trabalhando nela por 2 meses e tive que aumentar para mais um mês. Mas tive que parar, já havia feito o suficiente. Pus na cabeça que não podia mais ver aquela capa na minha vida Não podia pensar em outra coisa e pus isso na cabeça e a cada dia colocava mais detalhes. Depois de tudo ainda reclamaram que os desenhos da contra capa não se pareciam com eles. Como? Vocês só tem umas polegadas de altura, como querem que pareça com vocês, se são do tamanho de selos postais?"

Sobre sua saída do universo Maiden, Derek chegou a um ponto em que já não podia mais, apesar do dinheiro que podia ter ganhado.

"Com certeza foi a pior decisão de negócios que nunca tive na vida, mas trabalhar com seus gerentes era uma loucura. Tudo eram brigas, e mudanças e eu estava farto daquilo. Com Fear of the Dark acabou tudo, me pagaram um pouco de dinheiro mas nem compraram a arte, nem eu a vendi e essa conversa ainda temos ela por alto. (não resolvida)."

E uma referência à uma possível colaboração com Iron Maiden tão desejada pelos fãs mais clássicos, foi contundente?

"Fiz um par de coisas para eles desde então e deixaram-me um contrato sobre a mesa, que a princípio era muito bom, mas pensei melhor e deixei pra la. A forma de trabalhar deles como me fora apresentada não era a adequada. Não sou desses que você faz cinco ou seis propostas e escolhe uma. Eu entrei nesse negocio para fazer bons trabalhos. Não para satisfazer o diretor de arte."


Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

1 comentários:

  1. "me pagaram um pouco de dinheiro mas nem compraram a arte, nem eu a vendi e essa conversa ainda temos ela por alto. (não resolvida)."

    em outras palavras, processo judicial

    ResponderExcluir