[ BRUCE DICKINSON ] - Veja o trailer oficial do documentário "Scream For Me Sarajevo"


O trailer oficial para "Scream For Me Sarajevo", um documentário contando a história de um show de Bruce Dickinson em 1994 durante o conflito, pode ser visto abaixo.

"Scream For Me Sarajevo" recebeu a sua estreia mundial na 22ª edição do Festival de Cinema de Sarajevo, que foi realizada no último mês de agosto na capital da Bósnia e Herzegovina. O documentário está previsto para receber um lançamento comercial antes do final de 2017.

"Scream For Me Sarajevo" foi escrito por Jasenko Pasic, dirigido por Tarik Hodzic e produzido pela Prime Time Productions.



Disse Pasic: "eu tive a ideia para o filme uma noite quando eu estava lendo a história de Chris Dale sobre o show de Bruce Dickinson, que foi realizado em 1994, em Sarajevo. Em seguida, comecei a procurar as pessoas que estavam no BKC (local do show) naquela noite e que a história delas resultaram no filme. Tatjana Bonny, Alex Elena, Tarik Hodzic e Adnan Cuhara são as pessoas que criaram este filme comigo, que vai mostrar toda a crueldade e o horror do conflito de Sarajevo, e que as pessoas viviam normalmente, naquelas circunstâncias. 'Scream For Me Sarajevo' é um filme sobre a vida."

A primeira vez em que Dickinson esteve em Sarajevo, a cidade foi separada do resto do mundo, os seus cidadãos brutalmente aterrorizados por disparos, de bombardeios e de fome, de falta de eletricidade e de abastecimento de água, sendo tudo isso nada menos do que um luxo. Bruce e sua banda solo dirigiram através da linha de frente e, finalmente, tocaram para as pessoas presas na cidade. O que este show significou para o povo e como ele mudou Bruce e sua banda é contada em "Scream For Me Sarajevo"

Em dezembro de 2015 entrevista com a Rádio Sarajevo durante o show "O Aebyss", Bruce falou sobre as preocupações com a segurança que ele pode ter em uma época de terrorismo quando se trata de decidir quais os países que deve viajar para tocar para as pessoas de lá. Ele disse: "Pessoalmente, sim, eu vou tocar, não importa o quê. Sua preocupação tem que ser, na verdade, para as pessoas que não tem uma escolha no assunto. Eu quero dizer, isso foi a minha escolha [em 1994] — na verdade, a nossa escolha, coletivamente, porque todos nós, coletivamente, dissemos, 'Sim, somos todos loucos o suficiente para tentar fazer essa aventura  em Sarajevo, no meio de uma guerra e ver se podemos fazer as coisas acontecerem e realizar um show. E [risos] não tínhamos certeza absoluta de quando nós íamos voltar.' Mas aquelas pobres pessoas que foram para o [EAGLES OF DEATH METAL] concerto no Bataclan [em Paris, França] não tinham escolha; elas eram completamente, completamente inocentes, em cada maneira possível. E, claro, ninguém sabia que o lugar seria um alvo. Então, infelizmente, não há um julgamento que as pessoas têm que fazer, e você tem que fazê-lo na melhor informação disponível.  Se alguém diz, 'Nós vamos massacrar todas as pessoas em um show de rock", você diria, " Bem, é um lunático, ou é realmente incrível que isso possa acontecer?"


Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

0 comentários:

Postar um comentário