[ STEVE HARRIS ] - Sinto-me inspirado com tudo nessa vida


Steve Harris está a pleno vapor conduzindo uma turnê bem sucedida pela Europa com seus companheiros do British Lion. E mesmo assim, o baixista encontrou um tempo para um bate papo com a equipe da renomada revista Kerrang!. Acompanhe abaixo os principais trechos:


Steve, esse ano você excursionou com o Iron Maiden e atualmente está com o British Lion. Como você consegue tempo para isso?

É loucura, eu sei que é loucura. Você apenas tem que agarrar suas possibilidades e dar um jeito de oferecer seu material. Eu tenho que aprender a dizer "não" talvez - não só com isso, mas com muitas outras coisas. Mas, eu não sei. Basicamente foram 14 meses desde que eu toquei com o British Lion - o tempo voa quando você está se divertindo. 


Vocês estão tocando músicas do British Lion que ainda não foram lançadas. Vocês estão testando-as para o segundo álbum?

Para ser honesto com você, nós simplesmente não temos material suficiente. Nós tivemos que tocar esse material. Em uma situação ideal, provavelmente não teríamos feito isso. Por outro lado, eu cheguei a pensar que talvez eu pudesse ter lançado um álbum do Maiden com material ao vivo totalmente novo. Isso teria sido possível, talvez. Mas agora você não poderia porque, obviamente, não importa onde você vá com sua banda, pois você não pode fugir,  porque as pessoas vão filma-lo em suas câmeras ou em seus telefones. Eu sei que algumas pessoas provavelmente checam as filmagens do YouTube das novas músicas, e eu ainda não acho que são versões tão boas quanto as que colocaremos no álbum. Felizmente, as pessoas ainda querem esse lançamento. Claro, haverão outras canções também. E bom, como você disse, testá-las - acho que as tornam melhores. A forma como estamos tocando as músicas agora é muito melhor do que o primeiro álbum. 



Isso costumava ser parte do processo de composição...tocá-las ao vivo antes das gravações...

Isso foi o mesmo processo com os dois primeiros álbuns do Maiden, realmente, porque a maioria dessas músicas, provavelmente 90% dessas canções, já estavam testadas na estrada há quatro ou cinco anos. 

Então você está se sentindo inspirado para escrever novas canções no momento?

Sim, sinto-me inspirado com tudo nessa vida, realmente. Obviamente, se você gosta de pensar nisso ou não, acho que isso nos abalou com o que aconteceu com Bruce. Não há duas maneiras sobre como encarar isso. Apenas procuro fazer cada momento de meu tempo ser precioso. É por isso que eu estou excursionando porque é isso que eu amo fazer. As primeiras duas semanas eu estava me sentindo como um zumbi devido à turnê com o Iron Maiden, eu acho que todo mundo sentiu-se assim, e leva algumas de semanas  para voltar ao normal . É assim que as coisas funcionam. Depois disso você se sente bem de novo. Eu estava me sentindo um pouco áspero em torno de certos aspectos no fim da turnê com o Maiden , mas eu soube que dentro de uma determinada quantidade de tempo eu estaria apto para sair em turnê outra vez. 

Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

0 comentários:

Postar um comentário