ADRIAN SMITH : Fala sobre o show no Chile,set list e carreira


Este domingo dia 10 de abril, o Iron Maiden cumprirá sua promessa quando tocarem pela primeira vez no estádio Nacional, um marco na sua tour " The Final Frontier Tour" que faz a divulgação do seu último álbum do mesmo nome.
De acordo com Adrian Smith, guitarrista da Donzela de Ferro, diz que pensaram na composição de suas músicas tanto para estúdio quando para tocá-las ao vivo:

" Para mim, gravar um disco é para ter a experiência de escutá-lo e separá-lo da experiência ao vivo. Nos temos uma grande quantidade de músicas antigas que nos encantaria toca-las. No álbum novo existem muitas canções que funcionam no álbum, mas que seriam difíceis transferi-las para o show por sua complexidade ". E é por isso que além dos clássicos, em seu set list se encontram músicas como " El Dorado"
e " The Talisman".


Para este fim de semana, é esperado uma resposta calorosa de seus fãs, como sempre foi feito nas visitas do grupo britânico a Santiago. E não é coincidência que " The Final Frontier " se encontra na lista dos discos mais vendidos no Chile durantes as primeiras semanas de vendas, assim como em outros 10 países.

" Ficamos impressionados quando chegou um email dizendo que éramos o numero 1 em todos esses países (Japão, México, Argentina, Chile, Brasil, Colômbia, França, Espanha e Inglaterra) - fala Smith - É genial quando uma banda adquire novos fãs, especialmente se são mais jovens. Temos trabalhado muito nos últimos anos, temos tocado pelo mundo e o resultado foi conquistar mais fanáticos.

Um fanatismo que está em constante aumento e atrai um publico de idades variadas e gerações, não só aqueles que cresceram junto com o Maiden.

" Os jovens gostam de temas de aventura e de fuga. Por exemplo, Eddie, é um personagem, eles o adoram.Pessoalmente, creio que é importante ter uma base sólida e boas letras. Sem duvida, as metáforas das canções também tem muito a ver com os interesses desses jovens. Não acho que esteja relacionada com a imagem dos membros da banda, e sim a arte do Iron Maiden."

Mas não so por contar com o apoio incondicional dos fãs, a banda descansa com comodidade, tento em vista que cada tour representa um grande desafio para o grupo.

" Acumulamos fãs trabalhando duro, nunca tivemos muitas músicas nas rádios.Trabalhamos muito e levamos nosso trabalho aos nossos fãs. Não digo que seja algo mal ter êxitos e ser reconhecido, e sim a largo prazo, os fãs são mais fieis ao ver que é um projeto maior e que a banda tem longo tempo de experiência e que não fazemos isso por dinheiro fácil e rápido. Creio que essa é a razão pela qual acumulamos tantos fãs, continuamos percorrendo o mundo e levando a nossa tour para nossos fãs. E quando a inseguridade pelo novo, sim, o temos sempre é uma motivação para compor músicas. Pessoalmente, eu nunca estou feliz, sempre exijo mais de mim mesmo. Nós poderíamos sair e tocarmos nossas canções antigas e o publico ficariam felizes por um tempo, mas acreditamos que é mais importante continuar lançando material novo para atrair novos fãs e por isso que o fazemos."

E lembre-se de ir vestindo sua melhor camisa do IRON MAIDEN esse final de semana ao Coliseo de Ñuñoa,tendo em vista que estarão gravando um DVD.

Fonte:Rockaxis
Tradução: Renata L.

Sobre Tiago Marques

Tiago Marques

0 comentários:

Postar um comentário