[ CLIVE BURR ] - Como sua simplicidade influenciou Lars Ulrich do Metallica

 O veterano baterista Lars Ulrich, um dos fundadores do Metallica, concedeu entrevista à Vulture em 2020 e falou, entre outros assuntos, sobre outro grande nome da bateria: Clive Burr, que tocou nos três primeiros discos da banda britânica de heavy metal Iron Maiden.

"Nos três primeiros discos do Iron Maiden, ele era um baterista muito simples. Às vezes, ele fazia apenas esses rulos de caixa bem simples e outras coisas, mas eram tão ‘air drum’ em termos de apenas, você sabe, você está ouvindo uma música e então vem esse rulo de caixa super eficaz, mas realmente simples, e ele parecia o mestre disso", relembrou Lars, que contou como a simplicidade de Clive o influenciou.

"Acho que nos últimos 20 anos ou algo assim, tenho gostado mais desse estilo de bateria em que o simples é melhor. Toda aquela merda dos anos 80 de ‘quem é o melhor baterista’, ‘quem é o baterista mais rápido’ e ‘quem é o baterista mais tecnicamente capaz’... você sempre sentava na bateria e tentava medir sua masculinidade - eu desisti disso há muito tempo. Estou apenas mais interessado em fazer as músicas soarem bem", declarou o baterista.

Antes de se tornar membro do Iron Maiden, Clive Burr fez parte das bandas Trust e Samson, de onde vieram, respectivamente, seu substituto Nicko McBrain e o vocalista Bruce Dickinson. Enquanto fez parte do Maiden, gravou o disco que leva o nome da banda, "Killers" e "The Number Of The Beast".

Clive Burr faleceu em março de 2013, aos 56 anos de idade, após anos sofrendo com a esclerose múltipla.

Fonte:https://www.vulture.com/2020/09/lars-ulrich-interview-metallica-sm2.html
Fonte: whiplash.net

Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comments:

Postar um comentário