[ BRUCE DICKINSON ] - O motivo nada musical que o fez querer se juntar aos hippies

 A música tem um forte efeito nas pessoas, sendo responsável pela liberação de dopamina e aliviando dores e stress. Seu poder pode ir muito além, conforme retratado em Heavy Metal Saved My Life, um documentário alemão produzido por Mariska Lief e Andreas Krieger.




Quer garantir sua camiseta oficial e licenciada do Iron Maiden com aquela estampa que você procura a tempos? 

Clique no link abaixo e use o cupom "IMB" que você ganha automaticamente 10% de desconto na compra da sua camiseta do Iron Maiden! 

Acesse: CLIQUE AQUI

No primeiro episódio é mostrado como o metal, e mais especificamente a banda Iron Maiden, foi importante na vida de dois fãs que tiveram problemas com drogas e abuso. Os documentaristas conversaram também com Bruce Dickinson, que comentou a relação do Maiden com os fãs, e relembrou um pouco do seu passado.

Fãs são para o Iron Maiden o que o sangue é para o corpo. Temos membros, temos músculos, temos coração, temos alma, mas nada disso funciona sem sangue. Sou um hippie disfarçado? Não sou um hippie disfarçado. Quando eu tinha provavelmente uns 13 anos eu gostava da ideia de ser um hippie porque se você é um hippie você pode ganhar 'amor livre' e eu queria perder minha virgindade muito rapidamente, mas tive que esperar até ter 19 anos e eu não tinha me tornado um hippie até então, eu só era um bêbado. O movimento hippie foi maravilhosamente otimista, mas perigosamente ingênuo. Ele ignora o fato fundamental de que seres humanos são capazes de incríveis atos de autossacrifício e igualmente capazes de atos de grande maldade, e isso não mudou, de forma alguma", afirmou o vocalista.

Em outro ponto do episódio, ele relembrou o momento em que descobriu que tinha potencial como cantor. "Foi muito aleatório. Eu estava na escola, na igreja, cantando muito, muito alto, parcialmente para irritar quem estava na frente da igreja. O cara que era o reverendo, o vigário, sei lá, chegou bem perto de mim, e eu cantei ainda mais alto. Ele bateu no meu ombro e disse: 'Você tem uma boa voz, garoto', e foi isso. Só pensei, 'eu tenho?'"

O documentário Heavy Metal Saved My Life pode ser assistido online através do site da ARD.


Fonte: www.whiplash.net 

Sobre IMB

IMB

0 comments:

Postar um comentário