[ BRUCE DICKINSON ] - Na pandemia com a pior versão de The Final Countdown já feita

 Bruce Dickinson disse para a Rolling Stone que ter de passar pelo lockdown exigido pela pandemia da COVID foi uma coisa extremamente legal: "Estava com uma pessoa que realmente gosto", explicou o vocalista, que depois ainda diz que "o sol estava no alto, foi uma experiência inovadora". Mas ele acaba revelando que por algum momento a quarentena não foi muito prazerosa por causa de um músico que insistia em executar o que ele descreve como sendo uma horrível versão de "The Final Countdown" do Europe.

Senjutsu', já está entre nós! Complete sua coleção e garanta logo o seu! CLIQUE AQUI!

"Eu estava preso em Paris, no apartamento da minha namorada, e pra piorar a varanda era muito pequena, e no apartamento acima de nós morava um sujeito que insistia em tocar saxofone todo dia às cinco da tarde, executando a pior versão de 'The Final Countdown' (do Europe) que já foi feita no mundo. É como acordar com um tiro de espingarda, sabe?", explica o vocalista.

Fonte: https://www.rollingstone.com/music/music-features/iron-maiden-bruce-dickinson-senjutsu-interview-1219598/

Fonte: www.whiplash.net



Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário