[ IRON MAIDEN ] - Confira o review do site Brave Words sobre SENJUTSU

 Nick Balazs, da BraveWords, escreveu uma resenha do "Senjutsu", o novo álbum do Iron Maiden, que será lançado no dia 3 de setembro.

Confira abaixo alguns trechos transcritos da resenha e confira também a matéria original, em inglês, no site da BraveWords.

'Senjutsu', o 17º álbum de estúdio do Iron Maiden já está disponível para pré-venda na Amazon Brasil. Garanta já o seu, CLIQUE AQUI!

"A faixa-título de 8 minutos começa de forma moderada. Um ritmo militarista sobe ao palco ao longo desta marcha de batalha, quase parece metal industrial. Bruce Dickinson carrega a melodia com um forte desempenho vocal, mas no geral é uma abertura que não é exatamente uma explosão de energia. Os britânicos vão em alta velocidade com a seguinte 'Stratego', um tiro de canhão de 5 minutos que tem todas as marcas do Maiden clássico, refrão vigoroso, ritmos galopantes e um brilhante trabalho do trio de guitarras de Adrian Smith, Dave Murray, e Janick Gers. Este é um material único e definitivo e não ficaria surpreso se um vídeo fosse feito para ele.

[...]

"'Lost In A Lost World' poderia se encaixar nos dias de Blaze Bayley, especialmente no 'The X Factor". Bruce Dickinson faz uma abordagem atmosférica com os vocais antes de um efeito vocal fantasmagórico. A música se forma em um groove mid-tempo confortável preenchido com um refrão grandioso e mais partes melódicas vintage dos talentosos guitarristas.

"Completando o primeiro disco está o trecho de música mais curto, o 'Days Of Future Past' de 4 minutos [...] Adrian Smith e Bruce Dickinson estão no seu melhor aqui e devem ir bem ao vivo.

"'The Time Machine' contém mais progressivismos e também apresenta o refrão melódico mais empolgante que o álbum oferece. Liricamente lembra Rush com Bruce Dickinson no modo de contador de histórias e se destaca como uma das melhores músicas desde seu retorno.

"O disco 2 é onde residem a grandeza e a frustração, a 'Darkest Hour' de 7 minutos apresenta um tema de guerra e é liricamente arrepiante, lembrando 'A Matter Of Life And Death'. Ela não adota a abordagem usual em termos de estrutura; é quase como uma balada com Bruce Dickinson carregando o peso da música.

"A estrela do show é 'Death Of The Celts'. O épico de 10 minutos é o Iron Maiden em sua melhor e fantástica melodia principal, solo magistral e memorável, e Bruce Dickinson desliza com os vocais de levantar os punhos no ar, enquanto narra a queda dos celtas. Tem começo, meio e fim definidos e não parece uma música longa. Se o 'Senjutsu' terminasse aqui, seria altamente satisfatório, mas Steve Harris ainda não acabou com suas obras longas e prolongadas.

"'The Parchment', embora seja forte no refrão, ela continua indo e indo e indo. O ritmo aumenta na última metade da faixa com um solo enorme, mas, no geral, não há razão para que isso não possa ser reduzido para 7 ou 8 minutos.

"'Hell On Earth' tem uma estrutura semelhante, porém Steve Harris oferece uma de suas melhores melodias - uma que ficará na sua cabeça por dias. O problema é que a música continua; depois de um solo climático; deveria ter terminado aos 7 minutos, mas ela continua. Seria bom se o produtor Kevin Shirley ou alguém interviesse e falasse ao bom e velho Steve para se controlar um pouco.

"'Senjutsu' é outro ambicioso lançamento das lendas do heavy metal. Se você não é fã dos discos desde o retorno de Bruce, você ainda não será, mas se você amou o que a banda tem feito, então certamente vai adorar."

"Senjutsu" será lançado no dia 3 de setembro. O lançamento foi acompanhado de um vídeo para a faixa "The Writing On The Wall" cheio de easter eggs com referências à longa discografia do grupo, um trabalho que contou com dezenas de artistas, inclusive do Brasil.

Fonte: https://bravewords.com/reviews/iron-maiden-senjutsu
Fonte: www.whiplash.net



Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário