ATUALIZADO - [ IRON MAIDEN ] - 19 referências escondidas no clipe de The Writing On The Wall

 Este 15 de julho marcou o tão aguardado retorno do Iron Maiden com seu primeiro lançamento em cinco anos, a música “The Writing On The Wall”. A banda não deixou seu retorno passar batido e instigou os fãs com pistas sobre um “Banquete de Belshazzar”, entregando um pouco do conceito que seria apresentado no novo videoclipe.


Flyers publicados no site e nas redes sociais da banda anunciavam a Festa de Belzasar (Belshazzar’s Feast), que aconteceu hoje às 14h no YouTube, marcando a estreia do clipe.

O Banquete de Belshazzar é um fato bíblico narrado no Antigo Testamento sobre uma misteriosa mensagem que surgiu na parede durante uma festa do rei de mesmo nome, em que só foram convidados os ricos e os nobres. Essa mensagem, que apenas o renomado ancião conseguiu ler, trazia a profecia de sua morte por blasfemar contra Deus. A história também é conhecida como Writing on the Wall por causa desses escritos.

O vídeo animado de 7 minutos e meio pode ser considerado um filme curto repleto de referências bíblicas ambientado em um cenário apocalíptico, unindo várias narrativas da Bíblia à acontecimentos atuais e figuras de poder da sociedade dos dias de hoje. A história foi criada por Bruce Dickinson, com direção de Nicos Livesey e direção criativa de Mark Andrews. 

Montamos um super post com todas as referências que você pode ter perdido.

1. “Flight of Icarus

No primeiro frame do vídeo, é possível ver três abutres circulando sob o sol, uma referência à capa do single “Flight Of Icarus”, que mostra um Eddie voando com asas de morcego enquanto as asas de Ícaro queimam ao fundo.

Iron Maiden – Referência “Flight of Icarus”. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

2. World Slavery Tour

Logo no início do vídeo, vemos abutres circulando uma moça desnutrida que caminha com dificuldade usando uma camiseta da World Slavery Tour, a turnê que aconteceu de 1948 a 1985 para divulgar o disco Powerslave.

Imagem promocional da turnê ‘World Slavery Tour’. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

3. “Belshazzar’s Feast

O cartaz que o Iron Maiden usou para convidar os fãs para a estreia do videoclipe de “The Writing On The Wall” pode ser visto na mão da moça agonizante, marcando um convite para um evento que parece atrair ambulantes no deserto. 

4. Piece of Mind

Quando a moça perece por conta da desnutrição, uma figura encapuzada usando um anel do mascote Eddie em sua versão do álbum Piece of Mind fecha seus olhos e parece dar uma ordem a um corvo empoleirado em seu ombro.

Anel com Eddie de ‘Piece of Mind’. Crédito: Reprodução/Youtube

5. Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse

O corvo em questão se junta aos pássaros circulando o céu e eles se transformam em quatro motoqueiros encapuzados, referenciando os Quatro Cavaleiros do Apocalipse – representações bíblicas da fome, peste, guerra e morte; tormentos que assolariam a Terra como sinais do Final dos Tempos.

Cavaleiros do apocalipse no clipe do Iron Maiden. Crédito: Reprodução/Youtube

6. Pub Cart and Horses e Aces High Store

Em uma paisagem deserta vemos os Quatro Cavaleiros do Apocalipse vindo em nossa direção. Nesse momento, do lado esquerdo vemos o pub Cart and Horses, lugar onde o Iron Maiden fez seu primeiro show em 1976. Do lado direito mostra a Aces High Store.

Aces High. Crédito: Reprodução/Youtube

7. Ed Force One

Os cavaleiros pilotam suas motos por um cenário desolado e passam pelos destroços de um avião que representa o modelo Ed Force One, usado pela banda na Book Of Souls World Tour.

Avião com capa de ‘The Book of Souls’. Crédito: Reprodução/Youtube

8. Big Ben e a Ponte de Londres

A paisagem desolada traz duas referências londrinas soterradas na areia: a Ponte de Londres e o relógio Big Ben. Em entrevista, o diretor criativo Mark Andrews afirmou que os filmes Mad Max e Planeta dos Macacos inspiraram o visual da animação, referência que pode ser notada claramente em monumentos mundiais que aparecem ao longo do vídeo, como as cabeças da Ilha de Páscoa (1:45).

Monumentos da Inglaterra no clipe. Crédito: Reprodução/Youtube

9. Álbum 17?

Em uma das motos é possível contar 17 riscos, o que poderia simbolizar o possível 17º álbum de estúdio do Iron Maiden, do qual se especula que “The Writing On The Wall” seja o primeiro single.

Moto de Cavaleiro do Apocalipse apresenta número 17. Crédito: Reprodução/Youtube

10. Sic Transit Gloria Mundi

Logo em seguida, acompanhamos uma procissão de pessoas se dirigindo ao local do Banquete de Belshazzar. Nas ruínas do que parece ser um cano, é possível ler os dizeres em latim “sic transit gloria mundi”, que significam “assim transita a glória do mundo” ou “as coisas do mundo são passageiras”. Também é possível ler as palavras “Eddie Lives” no canto inferior esquerdo e a misteriosa palavra “Throne”, que poderia simbolizar algum Easter Egg futuro.

Mensagens escondidas em “The Writing on The Wall”. Crédito: Reprodução/Youtube

11. Estados Unidos, Reino Unido e China

Liderando a procissão de famintos procurando pelo Banquete de Belshazzar está uma figura representando o Presidente dos Estados Unidos, indo à frente de todos em um luxuoso carro presidencial – como indica a placa “Pres” – puxado por um cavalo desnutrido. Essa figura está bem alimentada e bem vestida, mas aparece com moscas sobrevoando sua cabeça, o que pode indicar um mau cheiro devido à falta de higiene por conta da escassez de água.

O Presidente olha pelo seu retrovisor para a figura de três homens sem rosto segurando bandejas de chá com bolo e usando calças rasgadas que mostram roupas íntimas com bandeiras do Reino Unido. Logo atrás, um número de pessoas desnutridas puxa um carro imperial contendo um grande míssil na boca de um dragão chinês, representando o poder nuclear da China. No topo do gigante carro, senta um imperador.

Reino Unido, Estados Unidos e China em “The Writing On The Wall”. Crédito: Reprodução/Facebook

12. No Prayer For The Dying e The Final Frontier

Em um dos frames é possível ver uma lápide com os dizeres “No Prayer For The Dying”, em referência ao oitavo disco de estúdio do Iron Maiden, lançado em 1990. Também é possível identificar a figura de um astronauta agonizante semelhante à da capa do The Final Frontier, de 2010 – 15º álbum de estúdio da banda.

Eddie de ‘The Final Frontier’ e referência ao álbum ‘No Prayer for the Dying’. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

13. The Trooper e “Empire Of The Clouds

As latas amassadas simbolizam a The Trooper, cerveja do Iron Maiden, enquanto abaixo do precipício é possível notar destroços de um zepelin, fazendo referência àquele encontrado na capa do single “Empire Of The Clouds”.

Cerveja The Trooper e zepelim de “Empire of the Clouds” “The Writing On The Wall”. Crédito: Reprodução/Facebook

14. O Banquete de Belshazzar

Do lado de dentro de um palácio protegido por guardas e por uma muralha futurística, acontece uma grande festa em volta de um enorme fogo esverdeado, enquanto uma figura masculina que representa Belshazzar se encontra no centro de um equipamento que permite que ele se alimente do que parece ser a energia vital de duas pessoas – um homem e uma mulher – lhe concedendo rejuvenescimento. 

Do lado de fora, vemos que os ricos e saudáveis conseguem atravessar a muralha em direção a esse Oásis, enquanto aqueles que estão definhando devido à morte e à doença são executados por um raio assim que tentam cruzar os portões.

Belshazzar’s Feast. Crédito: Reprodução/Youtube

15. Samurai Eddie

A misteriosa figura encapuzada que apareceu no início do vídeo revela estar carregando um tipo de cajado mágico, com o qual consegue atravessar os portões e invadir o local do banquete – com imagens referenciando a passagem bíblica que menciona a abertura do Mar Vermelho por Moisés. 

Dentro do local, o salvador encapuzado se joga no fogo localizado no centro do local e se transforma em um samurai humanóide, apresentando a nova versão do personagem Eddie, que já apareceu em versões anteriores da cerveja Sun and Steel e no jogo Legacy Of The Beast.

Eddie samurai em “The Writing of The Wall”. Crédito: Reprodução/Youtube

16. Os Quatro Eddies

Depois de um embate entre o Samurai Eddie e Belshazzar, este se transforma na figura de um bode (uma possível representação da figura do anticristo) e são invocados através de um símbolo na parede os Quatro Cavaleiros do Apocalipse, simbolizando a guerra, a fome, a peste e a morte.

Os misteriosos cavaleiros então tiram os capuzes e é possível ver que cada um deles é representado por uma versão do Eddie de álbuns anteriores do Iron Maiden. O primeiro traz um machado, simbolizando o Eddie de Killers (1981), o segundo carrega uma foice, assim como o de Dance Of Death (2003), o terceiro é um ciborgue como o do Somewhere In Time (1986) e o quatro representa o faraó que pode ser encontrado na capa do Powerslave (1984).

Eddie de ‘Killers’. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

Eddie de ‘Dance of Death’. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

Eddie de ‘Powerslave’. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

Eddie de ‘Somewhere In Time’. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

17. The Number of The Beast

Após um banho de sangue causado pelos Cavaleiros do Apocalipse – onde vemos as figuras do presidente, dos representantes britânicos e do imperador chinês perecendo – o Samurai Eddie salva o casal que estava sendo mantido como refém de Belshazzar e deixa o banquete no carro presidencial com as bandeiras dos Estados Unidos. Na lateral do veículo é possível ver o numeral romano DCLXVI pichado em neon, que em números cardinais seria 666, fazendo referência ao terceiro álbum de estúdio do Iron Maiden, The Number of The Beast.

‘The Number of The Beast’: 666 em números romanos no carro. Crédito: Reprodução/Youtube

18. Adão e Eva

Enquanto dirige o carro, Eddie conjura uma maçã que entrega para o casal sentado no banco de trás, que a morde apaixonadamente. Esta é uma referência direta à história bíblica de Adão e Eva, os primeiros humanos criados por Deus que foram expulsos do Jardim do Éden por morderem a maçã, o fruto proibido da Árvore do Conhecimento.

Com esse pecado inicial, Adão e Eva deram origem à humanidade, o que significa que após o cenário apocalíptico, o salvador Eddie pretende começar tudo de novo desde o início.

Eddie entrega maçã para Adão e Eva do novo mundo. Crédito: Reprodução/Youtube

19. Two Minutes To Midnight

Na cena final, nós vemos uma explosão monumental que levanta uma nuvem em formato de cogumelo semelhante à da capa da música “2 Minutes To Midnight”, representando a aniquilação total da humanidade rumo a um novo recomeço.

“2 Minutes to Midnight” também foi referenciada. Crédito: Reprodução/Youtube/Divulgação

Mais referências surgindo:


20 - O ursinho do Nicko.


Embaixo da roda da moto.


21 - Referências aos álbuns The X Factor e Virtual.


O X da estrutura da Ponte. Bem como O " anjo e o Jogador" pendurados.

Também vemos alguns posters no chão. Perto do muro. 

22 - a Cruz de Sign Of The Cross







Fonte: https://www.wikimetal.com.br/iron-maiden-19-referencias-escondidas-clipe-the-writing-on-the-wall/


Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

3 comentários:

  1. Sensacionais! O vídeo, a música e o texto aqui!!!
    Obrigado meu caro...

    ResponderExcluir
  2. O porta retrato com o Eddie, que esta no single de "Twilight Zone", aparece na areia aos 1:04 do clip.

    ResponderExcluir
  3. Os clipe referencia quase a discografia toda! kkkkkk

    ResponderExcluir