[ CURIOSIDADE ] - Gráficos detalham quem mais compôs músicas - e resultados surpreendem!


O Iron Maiden é liderado pelo baixista Steve Harris, mas outros integrantes colaboraram para a banda ser o que é hoje. Uma sequência de gráficos, que quantifica as contribuições autorais de todos os músicos da banda, serve para exemplificar isso.

As artes foram produzidas por um internauta do fórum Reddit, identificado pelo nome de usuário Initial_Gur_5266. Os dados sobre contribuição autoral de todos os integrantes do Iron Maiden foram compilados dos 16 álbuns de estúdio lançados pela banda - ou seja, as colaborações presentes em "Senjutsu", próximo disco do grupo, não foram consideradas.

O primeiro gráfico, em formato de barras, mostra qual a porcentagem de contribuição de cada integrante para as músicas do Iron Maiden. A somatória ultrapassa os 100% porque há canções criadas por mais de um membro da banda.

Não é de se surpreender que a imensa maioria do repertório do Maiden tenha sido criada por Steve Harris. O baixista tem créditos em 85,33% das músicas da banda, seja como único autor ou como co-autor.

Nas posições seguintes, porém, há algumas surpresas. O segundo integrante que mais contribuiu com as composições foi o vocalista Bruce Dickinson, que tem créditos em 22% das músicas do grupo. Logo atrás, respectivamente em terceiro e quarto, estão os guitarristas Adrian Smith (17,67%) e Janick Gers (11,5%).

Vale destacar que Gers, em 30 anos de Maiden, tem mais colaborações autorais do que o também guitarrista Dave Murray, em quinto lugar na lista. Com 9% de créditos nas músicas da banda, Murray integra a formação há mais de quatro décadas.

Na ordem:



1) Steve Harris: 85,33% de créditos em músicas;

2) Bruce Dickinson: 22%

3) Adrian Smith: 17,67%

4) Janick Gers: 11,5%

5) Dave Murray: 9%

6) Blaze Bayley: 3,17%

7) Paul Di'Anno: 1,5%

8) Clive Burr: 0,5%

9) Nicko McBrain: 0,33%

Outro gráfico, no formato de pizza, busca explicitar as colaborações de cada integrante em um contexto mais coletivo. Dessa forma, a predominância de Steve Harris ainda é evidente, mas reduz-se um pouco em comparação à outra forma de contagem. Bruce Dickinson, Adrian Smith, Janick Gers e Dave Murray também ficam com "fatias" maiores do gráfico.

Há, ainda, dois gráficos que analisam a contribuição individual de Steve Harris e Bruce Dickinson por álbum. As estatísticas ligadas ao baixista mostram que suas composições dominavam os primeiros discos, abrindo caminho para outras participações ao longo dos anos até chegar aos trabalhos mais recentes, onde sua colaboração é um pouco menor.

Dickinson, por sua vez, tem um gráfico com mais variações. O vocalista não tem créditos autorais nos álbuns "The Number of the Beast" (1982) e "Somewhere in Time" (1986) - além, claro, dos que foram gravados com Paul Di'Anno ou Blaze Bayley. Enquanto isso, discos como "Powerslave" (1984) e "No Prayer for the Dying" (1990) são os que mais têm colaborações do cantor.


Fonte: Whiplash.Net

Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário