[ IRON MAIDEN ] - Banda responde de forma oficial sobre o processo movido por Dennis Willcock


De acordo com o site Ham & High, o Iron Maiden soltou uma nota oficial como forma de resposta ao processo movido pelo ex vocalista da banda Dennis Willcock, o qual acusa o grupo de ter roubado dele as letras de algumas das músicas presentes nos dois primeiros álbuns.

Willcock alega ter escrito as letras de "Prowler", "Charlotte The Harlot", "Phantom Of The Opera", "Iron Maiden" e "Prodigal Son".

Na resposta formal, o Iron Maiden alega que Steve Harris, e não Willcock, de fato foi quem escreveu as letras das músicas em questão. A banda ainda admite que os créditos de "Chatlotte The Harlot" estão errados.

"Charlotte..." é creditada unica e exclusivamente à Dave Murray. Mas documentos mostrados na corte dizem que: "As letras foram escritas pelo Sr. Harris em meados de 1977, juntamente com a composição musical feita pelo Sr. Murray, que se juntou à banda em 1976." A banda ainda admite que Willcock mudou três palavras em "Prowler" e duas em "Charlotte The Harlot".

Sobre Willcock, o documento ainda diz que: "Ele foi um membro da banda. Quando ele era o cantor, é lembrado por esquecer as letras das canções, ou esquecer palavras, ou cantar as palavras erradas. Ele chegou inclusive a cantar lendo as letras em alguns shows. Com isso, é implausível que o Sr. Willcock possa agora lembrar de letras que ele alega ter escrito há mais de 40 anos."

Dennis Willcock foi vocalista do Iron Maiden de 1976 a 1978, e foi substituído por Paul Di'anno. Dennis alega que nunca soube que suas letras foram usadas, pela razão de nunca ter ouvido os álbuns do Iron Maiden.



Abaixo, pode ser conferida uma entrevista de Dennis, em inglês, sobre seus tempos na banda:







Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

0 comentários:

Postar um comentário