[BLAZE BAYLEY ] - "Minha confiança está completamente nos fãs"

Por Bianca Moretto para o Blaze Bayley Brasil

“(Ser independente) significa me conectar diretamente com os fãs. É uma parceria. Minha confiança está completamente nos fãs”


No dia 2 de abril, Blaze Bayley tocou num dos festivais mais importantes da Escócia, o Heavy Scotland (ganhando nota 9 na resenha!). Rick Dodgin, do site All About Rock, conversou com o cantor, que contou sobre a sensação de tocar num festival grande após anos, como é trabalhar de maneira independente, detalhes da trilogia Infinite Entanglement e mais.


Em primeiro lugar, Blaze Bayley, muito obrigado por nos dar seu tempo hoje.

O prazer é meu.

Então, Heavy Scotland. Como você se sentiu em estar aqui?

Bem, para mim, é tão legal ter sido convidado a fazer parte da primeiro Heavy Scotland, porque sou totalmente independente - não somos realmente parte do negócio de música mainstream. Eu tenho meu próprio selo e minha própria equipe que agenda meus shows e tudo, para ser convidado a entrar em um evento de metal mainstream e fazer parte do primeiro é realmente muito legal - e é um projeto grande, com algumas bandas realmente grandes nele. É bom. E eu sempre tive a Escócia em minha turnê, desde os primeiros dias com Wolfsbane, então sempre teve um lugar especial no meu “Metal Heart”- os fãs escoceses têm sido muito leais e de apoio para todas as bandas que eu tenho. Portanto, é muito bom ser ouvido e ser parte disso. O palco parece ótimo e todo o equipamento eo som são excelentes. É uma sensação incrível.

Que bom ouvir isso. Fiquei emocionado quando vi o seu nome no projeto..
Então, isso é parte de uma tour...?
Estou em uma turnê européia de 75 shows que começou em fevereiro em Malta, e inclui datas no Reino Unido, incluindo Glasgow, aqui na Escócia, e termina em meados de junho.  E apoia o meu novo álbum, Endure and Survive, que é parte 2 da minha trilogia - a trilogia é toda baseada em um romance de ficção científica que estou escrevendo. A primeira parte da trilogia, Infinite Entanglement, saiu no dia 1 de março do ano passado. O novo álbum Endure and Survive saiu no dia 3 de março deste ano, e a terceira parte será lançada em torno do 1º de março do próximo ano. Então eu estou visitando esta trilogia. Que é uma história maciça sobre um homem que no começo não sabe se ele é humano, e na parte um ele está no início de uma viagem de mil anos para chegar a um planeta descoberto pelo telescópio Keplar, e nessa viagem ele descobre que ele realmente tem um corpo de máquina e sua consciência foi baixada para ele, e é uma crise de identidade. Como você se define como uma pessoa? Você é humano porque você é de carne e osso, ou por causa da maneira que você pensa e por causa de suas crenças e seu código moral. O que é ser humano? Essa é a história do primeiro álbum. E há uma escuridão para o segundo álbum, porque ele tem resistido e sobreviveu a esta viagem de mil anos, as coisas que acontecem nesse momento são absolutamente terríveis e ele percebe nesta segunda parte da história que ele tem vivido uma mentira - ele foi enganado,vítima de uma artimanha em ter sua consciência baixada, e ficou com uma parte terrível e impressionante do fato gravada nela.

Uau. Isso parece incrível.
Tenho muita sorte de que meus fãs tenham realmente sido afetados positivamente por tudo isso. Depois da primeira parte, todos disseram que não podiam esperar pela segunda parte, e agora todos dizem que não podem esperar pela terceira parte.

Portanto, a recepção foi realmente boa?
Tem sido fantástica. Foi incrível. Especialmente desde que eu sou totalmente independente, eu só posso fazer o álbum se os fãs fizerem a pré-ordem dele. Então eu digo a eles que eu tenho esse conceito enorme para uma trilogia, e eles estão pré-encomendando os álbuns da minha própria loja na web sem ouvir nada previamente deles.

Isso é incrível.
Então, você já escreveu toda a trilogia, ou é um trabalho em andamento?
Nós começamos, e ia ser um álbum, mas do jeito que estávamos indo eu comecei a pensar que era muito grande para um álbum, e se tornou uma história em três partes. E assim, algumas das canções que nós escrevemos e pensamos originalmente, que seriam de um único álbum, agora vamos aparecer no segundo ou terceiro álbum na trilogia. Mas eu tenho a liberdade de fazer isso.



Assim, seu novo modelo de negócios, por falta de uma melhor descrição, realmente funciona para você?
Aí sim. Antes de começar o meu primeiro contrato de gravação, quando estávamos sem assinatura, tocávamos para um par de cem pessoas. E ao longo dos anos, eu sempre me lembrei desses dias, e pensei: “Bem se pudéssemos fazer isso então, e apenas ir para os fãs, por que não podemos fazer agora?” Minha confiança está completamente nos fãs - que eles sabem o que é música boa, e que se você tem música inteligente e letras e emoção genuína, eles vão dizer "isso é bom" - eles vão sentir.
Os fãs significam tudo para mim. Cada show próprio nosso tem um Meet & Greet gratuito depois. Bem, é um agradecimento, realmente. Então as pessoas podem trazer qualquer coisa, seja da minha banda Wolfsbane, do meu trabalho no Iron Maiden  ou de meus álbuns solo anteriores, eu posso assiná-los e eles podem ter fotos, e é apenas um obrigado. E eu faço isso em todo o mundo. Às vezes, são 500 pessoas e eu fico lá e conheço os fãs, a menos que eu tenho um avião para pegar ou algo assim.

Uau. Isso é incrivel. E você faz tudo isso sem uma gravadora, em seus próprios termos, usando a mídia social e assim por diante para permitir que os fãs se mantenham em contato?
Exatamente. Eu tinha um fã que entrou em contato, através do meu Facebook oficial, perguntando "por que você não vem para a Finlândia?" E eu disse:“ bem, ninguém vai me reservar na Finlândia. Se você pode encontrar alguém que vai pagar os vôos para me levar para a Finlândia, eu vou para a Finlândia”. Então ele foi para o bar dele, falou com o gaffer, foi para outro e conversou com eles. Eu fui para a Finlândia, fiz dois shows acústicos; é uma pequena cidade com cerca de 4000 habitantes, e eu vou lá todos os anos desde essa data como um ponto de honra, porque eu não tenho nada mais acontecendo na Finlândia, eu fico naquela casa quando eu vou lá. E é o mesmo na Polônia, onde ninguém me reserva, então eu toco todos os anos em um lugar pequeno lá, porque eles me reservaram quando ninguém mais estava interessado.
Eu não cultivo comida ou curo os doentes, eu sou apenas um cantor em uma banda, mas eu faço algo com paixão ao melhor de minha capacidade, alguns milhares de pessoas ao redor do mundo amam, e eu estou conectado para essas pessoas. Meu sonho era sempre ser um cantor em uma banda de metal, em turnê - e isso é exatamente o que estou fazendo. Estou vivendo meu sonho. Eu sou independente, tenho uma grande equipe pequena ao meu redor, e eu sou capaz de sair em turnê, gravar meus álbuns e depois vendê-los no iTunes e assim por diante, então eu estou muito feliz.

Isso é fantástico.
E se tocarmos num local, o som é ótimo e eles tratam os fãs com respeito, dizemos que gostaríamos de voltar. Portanto, há 75 shows nesta turnê, mas já temos 15 alinhados para a próxima turnê porque as pessoas nos pediram para voltar. É uma maneira diferente de fazer as coisas, mas isso significa que eu posso me conectar diretamente com os fãs. É uma parceria.

Isso é tão legal. Então, voltando ao show de hoje, o que podemos esperar?
Bem, é um set curto, porque obviamente eu não estou encabeçando. Eu quero mostrar às pessoas o meu novo material da trilogia Infinite Entanglement, mas eu fiz nove álbuns solo, assim eu vou escolher algumas músicas dos álbuns mais antigos também. A beleza de tocar um festival é que me dá a oportunidade de tocar para pessoas que talvez não conheçam muito do meu material solo antes. E então, se eles gostam do que ouvem, eles podem vir e assistir um show nosso como headliners, onde nós tocamos por duas horas e há um pouco de Maiden e Wolfsbane nele, assim como meu material solo. Mas hoje eu quero tocar o novo material para que as pessoas possam ouvir o que estou fazendo agora.

Estou realmente feliz em ouvir isso - eu não posso esperar para ver o show!
Muito obrigado pelo seu tempo hoje, Blaze, eu realmente aprecio isso.
Sem problemas. Felicidades.

Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário