[ NICKO MCBRAIN ] - Veja como foi a festa de sétimo aniversário do Rock N Roll Ribs


Sétimo Aniversário do Rock and Roll Ribs

10 de Dezembro de 2016

Por Yuri Diógenes

Parece que foi ontem que estava no sexto aniversário, mas rapidamente se passaram 12 meses e desta vez estava de volta, e com toda minha família. Esse ano o evento foi maior, uma tenda armada no mesmo estacionamento, mas agora um pouco maior e com um palco de verdade (ano passado foi no chão), o que melhorou muito a visualização das bandas. Porém, o esquema de segurança estava mais fechado, ano passado consegui ficar atrás da bateria, esse ano toda parte atrás da bateria era fechada e não tinha como entrar. O evento vem crescendo a cada ano, e isso traz uma demanda maior na organização. Esse ano tinha mais polícia no local e mais segurança, o que não é ruim, pelo contrário, traz uma sensação melhor para todos, porém fica mais formal e com isso o Nicko vai ficando menos acessível.

Quando cheguei por volta de 2 da tarde a meninada da School of Rock Coral Springs tinha terminado, e já estava tocando a banda do filho do Nicko (Justin McBrain), chamada TrackNine. O som é bom, mais voltado para o Rock and Roll do que ao Metal. O Justin toca muito, estilo muito similar ao pai, principalmente no uso do “Bell” quando está fazendo a condução no “ride”. Durante o show do filho, o Nicko subiu ao palco e ficou do lado da bateria, admirando a cria, trazendo água para o filho (Nicko atrás do PA que fica perto da bateria). 



Justin fez um solo de bateria fantástico, de deixar o pai com sorriso aberto. Ao final do show, Nicko fez um pequeno discurso e disse que ainda lembrava de quando o Justin era pequeno e tentava tocar bateria, e que agora ele sente muito orgulho do filho. Nicko aproveitou o momento também para se declarar para a esposa, que estava presente no evento.




Depois entrou a nova banda cover do Nicko e do Mitch (sócio dele no RRR), chamada Dodgy Enterprise. Essa banda tocou pela primeira vez no evento, e o repertório foi só Bad Company. Uma das bandas preferidas do Nicko, e o som ficou muito bom. Nicko inclusive perguntou a audiência se eles deveriam fazer outros shows juntos, e todos aplaudiram e disseram que sim.





Em seguida veio Made of Metal, uma banda tributo que so toca cover, para mim o ponto alto foi eles tocando "In Union We Stand", do Overkill. Neste momento subiu no palco um dos membros originais da banda Overkill, o guitarrista Bobby Gustafson. Foi fantástico, veja um trecho da música neste vídeo que gravei. 





Depois veio Kinlin, nesse momento dei uma saída para jantar com minha família (não conseguimos jantar no RRR pois a lista de espera era de 3 horas). Quando voltamos os McBrainiacs estavam se aprontando para começar o show. Alguns fatos interessantes do repertório desse ano:

Houve um dinamismo no repertório, pois como o evento é beneficente, o Nicko teve a sacada de arrecadar dinheiro para tocar a música sugerida. Por exemplo, ele disse: se alguém doar 100 dólares tocamos Rime of the Aciente Mariner. E aí começou, várias doações. Doaram 100 para Rime, 100 para Where Eagles Dare, e 100 para Hallowed Be Thy Name
Durante o show deles, o Nicko também parava ao fim de cada música, e ia falar algo no microfone. Algumas vezes pedindo mais doações para que ele contasse história. Uma das histórias que ele contou foi a da Mission From Arry (veja aqui o vídeo)  completo. Eu já tinha lido sobre essa história, mas nada como ver o Nicko contando. 
Também teve sorteio de prêmios para quem comprou os tickets de sorteio. Coisa nova, que não teve ano passado. Claramente o foco na arrecadação de dinheiro para as crianças em necessidade foi bem maior. 



Antes da última música, o baixista Mike Zeigler pediu o microfone e falou começou a falar sobre o quão o Nicko é apreciado por todos, enfatizando tudo que o Nicko faz pela comunidade e era a hora de tentar fazer com que ele recebesse algo de volta. Foi aí que ele pegou uma nadadeira toda especial, com várias honrarias da equipe do Navy SEAL (exatamente, aquele mesmo time que pegou o Osama Bin Laden). 



O show fechou com Blood Brothers seguido de Wasted Years para fechar, aí o Nicko pegou o microfone e agradeceu a todos e desejou um Feliz Natal, complementou dizendo: desculpe, mas vou dizer Feliz Natal! Nesse momento a galera aplaudiu muito. O que ocorre é que durante os 8 anos de Obama, o politicamente correto aqui nos Estados Unidos era dizer: “Happy Holidays”, e durante a campanha do Trump, ele enfatizava: voltaremos a dizer Feliz Natal. Como na Flórida o Trump ganhou, os aplausos para o Nicko dizendo “Feliz Natal” fez todo sentido. E para fechar o Nicko ainda disse: ano que vem começaremos com um novo Presidente, e você gostando ou não vai ter que engolir (if you like it or not, suck it up)! Mais uma vez, aplausos.

Ao sair o Nicko passou ao lado da minha filha de 8 anos (que é baterista na School of Rock aqui do Texas), olhou para ela e disse: “here for you sweetie”, e entregou duas baquetas que ele usou durante a tour do Book of Souls. Sei disso pois ele explicou antes que estas baquetas foram criadas exclusivamente para essa tour, a fonte do “Boomer” é feita com a fonte do Book of Souls, apesar das baquetas deles estarem a venda, essas em particular não estavam, pois foram exclusivas.





E para finalizar o dia, ficamos na fila para pegar o autógrafo do Nicko. Desta vez em um novo poster (que era 20 dólares – dinheiro também para doação). Também levei uma revista “Drums” que tem ele na capa, e ele assinou:


O momento tão esperado, a família toda com o mestre Nicko:


E assim acabou o evento, saí de lá por volta de 9 da noite. No dia seguinte voltei no Rock and Roll Ribs para almoçar e falei com o José (o gerente). Ele disse que o Nicko ainda ficou até 11 da noite, até o último fã ir embora com tudo assinado. O Nicko é um exemplo de profissional, que sem dúvida tem uma atenção especial para os fãs. O José disse que saiu de lá 3 da manhã, pois tinha que deixar tudo limpo, tirar tenda, som etc. Abaixo algumas fotos do Rock and Roll Ribs:








Abraços e Up the Irons!!!

Yuri Diógenes


Mais fotos do Evento; AQUI





Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

0 comentários:

Postar um comentário