[LEGACY OF THE BEAST] - “Sim, jogamos o “joguinho” do Eddie!”


Já na tela inicial, no momento que é carregado suas configurações e mapas temos um pequeno efeito 3D onde alguns itens da tela se mexem de acordo com o ângulo que você movimenta seu celular.

Na mesma tela já temos referencias a alguns álbuns e musicas da banda.


No fundo temos o famoso eddie nas nuvens que remete ao álbum Brave New World, em sua boca temos a imagem da chave utilizada pelo mascote da banda (ou não!) em The Final Frontier. No lado direito temos o eddie em chamas utilizado na Tour de 2001 e que também é mostrando no clipe da música The Wickerman, do outro lado uma espécie de monstro com cabeça de águia com roupa de faraó já nos lembra o famoso Powerslave sem duvida nenhuma.

Ao centro temos a tão famosa batalha do álbum The Number of the Beast, com um eddie meio mumificado do Powerslave, com características em sua cabeça do álbum Somewhere in Time, segurando uma espada ao estilo powerslave e na outra mão empunhando a bandeira inglesa nos remetendo ao clássico The Trooper, isso tudo para enfrentar o demônio com assas energizadas  e seus alados voado atrás da besta.

Ao iniciar o jogo criamos um login e senha para desbravar as aventuras, onde começamos com o Eddie Punk que nos lembra dos dois primeiros álbuns da banda, da era Paul DiAnno. A todo o momento Eddie é acompanhando por uma vidente misteriosa, onde a mesma dita os acontecimentos e diz a Eddie o que deve ser feito.

O Primeiro mundo a ser desbravado é Ailing Kingdom, que nos leva novamente ao ambiente criado em Brave New World, tocando clássicos a cada batalha, onde enfrentamos diversos seres com cabeça de coruja e de outros animais, contando também com cachorros demoníacos.

Ao longo das vitórias, eddie solta um grito bem ao estilo Bruce Dickinson, contando com a voz do mesmo como interprete!

O segundo mundo homenageando Powerslave é KINGDOM OF THE SANDS, onde o enredo principal é combater uma sociedade corrupta no Egito, aqui enfrentamos exércitos de esqueletos, nômades e suas espadas flamejantes e cabeças faraônicas e já temos nosso segundo eddie que conseguimos no mundo anterior,  The Wickerman. Vencendo nesse mundo você também habilita o Eddie Faraó.

O terceiro mundo, Battlefield, homenageia o álbum A MATTER OF LIFE AND DEATH, onde enfrentamos soldados cadavéricos e tentamos liberta-los do maléfico general que tomou conta de suas almas. Nesse mundo desbloqueamos o Eddie do tema Aces High.

O jogo torna-se que fez mais interessante porque não são apenas os Eddies principais de cada mundo que conseguimos desbloquear, outros eddie´s como o The Wickerman vão aparecendo no decorrer do jogo. O sistema já famoso para que joga RPG, é o de turnos, onde o jogador ataca para depois ser atacado. Assim como desbloqueamos vários Eddies, também desbloqueamos outros tipos de personagens que vão auxiliando nas batalhas que se aproximam.

Fora os mundos comentados acima ainda têm “Underworld” que remete ao álbum The Number of the Beast com seus demônios e seres das sombras para enfrentar. E o ultimo mundo seria o misterioso “Nigth City” que deixaremos a curiosidade de vocês para chegar lá e ver o que aguarda!


No geral é um ótimo jogo feito em conjunto por Nodding Frog, Roadhouse Interactive, 50cc games, Phanton Music Management e claro pela banda! Além de uma boa jogabilidade, você é acompanhado por clássicos da banda e as versões do Eddie estão bem trabalhadas e interativas.


É isso ai, bom jogo, bom divertimento e vida longa ao Eddie e aos 6 deuses do Metal!

Músicas utilizadas no jogo


Fontes: Imagens retiradas do Google Images 
             Site oficial do jogo http://ironmaidenlegacy.com/ 


Sobre Danilo Pacheco

Danilo Pacheco

1 comentários:

  1. Sou fã do Iron e amo games, mas esse jogo deles é bem ruinzinho.

    ResponderExcluir