[ FORTALEZA 2016 ] - A vitória de todos

Certamente a noite de 24 de Março de 2016 pode ser considerada um marco importante na história da música na capital cearense. Afinal de contas, uma espera de três décadas de heavy metal no Ceará e 8 anos de uma campanha que comoveu todo o país, estava perto de ter um fim. Era simplesmente o Iron Maiden desfilando seus clássicos em nosso quintal.



Arrisco a dizer que o show começou no exato momento em que o Ed Force One pousou, as 16:30hs do dia 23 de Março. Os mais de 2.000 fãs presentes no aeroporto Pinto Martins já davam o tom. O show do Iron Maiden teve ali seu inicio.




A movimentação na cidade no dia do show tinha um clima diferente. Até fomos brindados com um Steve Harris indo a uma sorveteria e correndo na Beira Mar, para a sorte de poucos fãs que estavam ali na porta do Hotel. E ainda pela manhã, a movimentação na Arena Castelão já começava a ter um excelente número de fãs.


Chego ao local por volta das 15:30hs, e por onde eu vejo, milhares e milhares de fãs nas filas que davam acesso aos diferentes setores. O que já denunciava que seria um sucesso de público. Ás 17:30hs os portões foram abertos e a ansiedade começou a aumentar mais ainda. O acesso foi fácil e sem confusões ou empurra empurra.


A Raven Age inicia os trabalhos da noite. Logo em seguida, os veteranos do Anthrax incedeiam a galera com um show energético e cheio de clássicos, já preparando para o que estava por vir. E eis que as 21:25hs...o momento chegou.

A já conhecida música do U.F.O "Doctor Doctor" entrega que o show já começou. Em seguida...após o vídeo de abertura, a arena fica as escuras, e os primeiros acordes de "if eternity should fail" ecoam pelo estádio. Quando Bruce aparece cantanto a introdução, me pergunto..."é real mesmo"? E quando o resto fa banda entra no palco...essa minha dúvida acaba. Finalmente...meu sonho de adolescência estava se realizando.


Mesmo sabendo as músicas que seriam tocadas, isso não foi motivo de não ter emoções. "Speed of Light" manteve a galera no pique. Em seguida, temos um Bruce espantado e feliz em dizer o número de presentes: 26 mil pessoas! O segundo maior da turnê. Em seguida, temos o primeiro clássico "jurássico" da banda, "Children of the Damned", onde com o Adrian solando a intro com um violão deu um outro charme a música.

"Tears od a Clown" e "Red and the Black" deram as caras. Confesso que até esse momento, eu tinha segurado as lágrimas até onde pude. Mas ao ver a bandeira clássica de "The Trooper" aparecendo como plano de fundo, e Dave Murray tocando os primeiros acordes dela...não segurei. Certamente...foi um dos momentos que a galera ficou mais insana.

E clássico por clássico...lá vem a banda com "Poweslave"...uma das primeiras músicas do Iron que ouvi. Impossível não assistir ali...ao vivo...a banda tocar esse clássico...e não ter pequenos flashbacks de sua juventude. Em seguida, Bruce anuncua a faixa título "The Book of Souls", onde pela primeira vez na noite, o antológico Eddie dá as caras pela primeira vez na noite, e tem seu coração arrancado do peito por Bruce Dickinson. Sensacional

E ai...vem uma sequencia matadora de clássicos. "Hallowed be thy Name", que tinha ficado de fora da última tour, volta, com o Bruce altamente performático. "Fear of the Dark", com seu já famoso coro, vem em seguida, e fevhamos essa primeira parte com "Iron Maiden", onde o "Big Eddie" aparece, encarando a todos.

No bis...ainda somos agraciados com "The Number of the Beast", com direito ao capiroto no palco e tudo mais, "blood brothers" e a derradeira "wasted years". Pelo menos para mim...não ficou o sentimento de tristeza. E sim, o de dever comprido, e de realização plena. E também a certeza de que as portas de nossa cidade estão abertas para o Iron Maiden "daqui até a eternidade"!


TRABALHOS AÉREOSTrabalhos aéreos em Shows ( IRON MAIDEN ) - 085 - 988071785 - 997367470. Assistam em HD.
Publicado por Up High em Sexta, 25 de março de 2016

Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

11 comentários:

  1. Não existe palavras para esse momento, só me resta agradecer a essa galera por vários momentos ajudaram nessa nossa conquista. Vlw Tiagão vulgo (P.A) e vlw toda equipe do IMB

    ResponderExcluir
  2. Obrigado IMB pela dedicação e o empenho para trazer esses "monstros do rock" até nossa casa. Excelente matéria, demonstrou de forma sucinta a emoção que todos sentimos desde a chegada do Ed force one. Esperamos outras visitas.

    ResponderExcluir
  3. Sensacional! A Cidade de Fortaleza e o povo Nordestino estão de parabéns! O que vocês fizeram nessa passagem do Maiden pela cidade foi incrível!! Tomara que o Maiden possa tocar por aí outras vezes!

    ResponderExcluir
  4. Não chorei durante o show porque estaca muito feliz mas ao ler a matéria aqui as lágrimas caíram. Tô tipo assim, feliz pra krl de ter ido a esse show. O primeiro meu da Donzela. Caraca eu fui!!!

    ResponderExcluir
  5. MANO EU CHOREI QUANDO LI "é real mesmo"?

    ResponderExcluir
  6. Eu vivo em SP então é muito cômodo ir aos shows, etc. Fiquei feliz e emocionado com a chance que vocês tiveram. Valeu mesmo. Somos todos Blood Brothers. Até o próximo show

    ResponderExcluir
  7. Eu vivo no rio... E tive a oportunidade de participar desse puta show, inclusive apareço aí na foto na grade...
    O povo cearense está de parabéns por essa noite fantástica!
    Quanto a banda...foi épico e...obrigado pelas palhetas...
    Espero que voltem em breve...
    Up the Irons!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alô Raul, beleza? Poderia conversar em PVT com você. Abc, Up the Irons!

      Excluir
  8. Estou emocionado..... Sem palavras....

    ResponderExcluir
  9. Cara, assim que tocou Doctor Doctor eu ja estava chorando... kkk nunca tinha ido a um show do iron maiden. Foda mesmo , e uma coisa legal que percebi foi o companheirismo da galera,conheci uma galera de Fortaleza que foram super legais comigo. Espero ir a outro show do iron hehue somos todos irmãos ...

    ResponderExcluir
  10. Fala,
    Tudo beleza...
    E vc?!
    Se quiser pode conversar sim...
    Abraço

    ResponderExcluir