[Ponto de Vista] O Iron Maiden deve mudar o set list?


Por: Alexandre Temoteo

Enfim, na noite desse 24/02/2016, todos puderam saber qual era o tão aguardado set list preparado pela a banda para esse primeiro show em Fort Lauderdale. A angústia era inclusive maior do que saber como a banda ia se apresentar tecnicamente. E de posse dos 15 petardos executados de forma brilhante, surge uma indagação. A banda deve mudar o set list?



De 1977 a 2014, o Iron Maiden já compôs e gravou exatas 166 músicas. É claro que nessa altura da carreira da banda, escolher 15, 16, 17 ou 18 músicas desse vasto universo vai deixar um número de fãs desapontados, por não ouvirem suas músicas favoritas. Então, uma coisa é fato. Nunca um set list do Maiden vai agradar 100% das pessoas. 



Mas, há um outro detalhe. Foi apenas o pontapé inicial da tour, que ainda deve durar um bom tempo, e sabemos que, historicamente, o Iron Maiden usa os primeiros shows como uma espécie de termômetro, onde ao perceberem que determinada(as) música(as) não teve/tiveram uma boa resposta por parte dos fãs, há uma substituição. Mas mesmo assim, haverá os fãs que não gostarão.



Então, na teoria, sim...devemos ter mudanças no set list. Mas também penso que, ao invés de reclamar por que música X ou Y está de fora, devemos pensar o seguinte. A banda não precisa mais provar nada a ninguém. São 7 senhores (sim, Michael Kenney pode ser considerado um membro da banda) em cima do palco se divertindo, fazendo o que gostam. Então, somente o fato de eles ainda estarem em condições de terem feito um show espetacular como esse da Flórida, já é motivo de esquecer qualquer rancor em relação a set lists. 




Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

20 comentários:

  1. Duvido q mudem o setlist... edita o encima ali em cima q ta feio =D e sao 155 músicas

    ResponderExcluir
  2. Show lento na minha opinião!
    Muito cadenciado.

    ResponderExcluir
  3. É por quase de opiniões assim que a banda não muda o set. Fãs cegos com a opinião de que tudo está bom sempre e que devemos sempre ser agradecidos pela simples existência da banda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou td.Sou fã demais mas reconheço que beira a idolatria pessoal não consegue nem criticar. Tava na hora de escutar os fãs mais velhos e mudar esse set

      Excluir
    2. EXATO!! Cara, sonho um dia que eles abram com Gangland, seria matador!! Além de ser uma bela homenagem ao Clive Burr. Fazem muita falta Judas, Starblind, The Prophecy, Mother Russia e The Loneliness of the Long Distance Runner no mesmo set. Acho que eu desmaiaria hahahah! Já passou da hora de dar uma renovada no setlist, deixar uma ou duas clássicas no máximo. Tanto material bom e tão vasto e nem tudo é tocado. Se começassem a tocar mais algumas "Lado B", o público começaria a se interessar e teria mais receptividade com o passar do tempo. Iron Maiden não é só The Trooper e Fear of the Dark...

      Excluir
  4. Eu mudaria várias, mas principalmente Fear of the dark, aff, quinto do show do Iron que eu vou e sempre toca, não aguento mais...

    ResponderExcluir
  5. O que ninguém consegue perceber é que o Maiden, há muito tempo, faz duas espécies de shows. Um show de divulgação do novo album (por isso a maioria das musicas novas + musicas de trabalhos recentes - que eu gosto muito!!) e outra turnê de revisitação ao glorioso passado da banda! (Preciso falar da Early Days Tour, Somewhere Back In Time TOur (2 vezes!), turne do 7th son, mais turnes comemorativas de datas de lançamento de classicos??). Podem aguardar, que depois dessa turnê do Book of Souls vai ter um tempo de descanso e vao fazer outra turnê de classicos (espero muito uma revisitação da Fear of the Dark, Be quick or be dead abrindo um show é foda!).

    Então...os que reclamam, é por que gostam de reclamar, mesmo sabendo que há a solução para o problema. Como diria Raul "Eu também vou reclamar!"

    ResponderExcluir
  6. Lembrando que os que estão reclamando são os mesmos que vão aos shows...estranho isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que é estranho? Meu time perde, eu reclamo, mas continuo torcendo. Brigo com a minha mulher, reclamo, mas não separo. Então porque acho que a banda repete muitas músicas não devo ir no show? Seu comentário foi pífio e fanático, bem como o texto acima.

      Excluir
    2. Sim, reclamo porque nos 5 shows que fui eles tocaram The Number, Iron Maiden, The Trooper e Fear of the Dark. Além de volta e meia repetirem 2 Minutes, Powerslave etc. Essa tour nova é legal pelo lado das inéditas do disco novo. Mas encerrar com The Number, Blood Brothers e Wasted Years não ficou no nível. Cadê a faixa inédita que iam tocar (das antigas)?? Uma das culpas disso é da maioria do público, que fica olhando com cara de tacho uma música mais "lado B". Só que se o Iron não toca, o público não começa a se interessar e vai ficar assim sempre. Um ou outro clássico até vai mas, será que é tão difícil assim tocar alguma coisa de lado B?

      Excluir
  7. A melhor fase do iron mauden foi depois da volta de Bruce Dickinson e Adrian Smith. Ou seja, de 1999 em diante, na minha opinião, foram lançados os melhores albuns (Brave New World, Dance of Death, A Matter of life and Death, The Filnal Frontier e The Book of Souls). O problema que tenho notado é que eles nunca incluem no set list músicas do álbum anterior. Faltou no set list dessa tournê alguma música do "The Final Frontier". "A Matter of Life and Death" tem ótimas músicas como "Diferent World", assim como "Dance of Death" tbm tem, "Rainmaker", por exemplo. Já tá na hora do Steve Harrys aposentar "The number of the beast", "Hallowed be the name".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, já poderiam ser aposentadas. Quando vamos ouvir?

      Deja Vu
      The Loneliness of the Long Distance Runner
      Gangland
      Caught Somewhere in Time
      Purgatory
      Judas Be My Guide
      Only the Good Die Young
      Flash of the Blade
      Starblind
      The Alchemist
      Mother Russia
      Out of the Silent Planet
      Mother of Mercy
      The Fugitive

      Acho que nunca mais vão tocar essas (das que já raramente foram tocadas um dia)...

      Excluir
  8. Infelizmente o set list é esse aí e não vai mudar. Porque? Porque o Steve Harrys nunca muda o set list. É minha banda favorita, mas tenho que dizer que os shows, apesar de serm verdadeiros espetáculos, são muito repetitivos. Nunca tem um solo de bateria ou de guitarra. É somente as músicas, Bruce Dickinson conversando entre uma e outra. Sempre isso. Não gostei da música de abertura. "If eternity should fail" não tem nada a ver. Música de abertura seria ""Speed if Light". A animação de entrada tbm achei fraca. De qualquer maneira meu ingresso está garantido para BH. Não perco.

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que deviam tirar tears of clown e tocar a 2 minutes ou the evil that men do. Espero que façam isso e tenho esperança, já que a música foi escrita pro robin willians e ele era americano e os três primeiros shows são na terra dele. Eu ainda vejo essa possibilidade. Não faz muito sentido eles virem pra cá pra fazer homenagem a esse ator por aqui. Muito mais válido tocar mais clássicos pra endoidar a galera.

    ResponderExcluir
  10. Eu acho que deviam tirar tears of clown e tocar a 2 minutes ou the evil that men do. Espero que façam isso e tenho esperança, já que a música foi escrita pro robin willians e ele era americano e os três primeiros shows são na terra dele. Eu ainda vejo essa possibilidade. Não faz muito sentido eles virem pra cá pra fazer homenagem a esse ator por aqui. Muito mais válido tocar mais clássicos pra endoidar a galera.

    ResponderExcluir
  11. O Maiden sempre trabalhou dessa forma. Sem surpresas. Os shows são bem apresentados tecnicamente, mas seguindo um protocolo bem rígido. O que as vezes torna um pouco enfadonho. Até as roupas são iguais em cada apresentação.
    Esse é o modo Steve Harris de trabalhar. E acho que ele não quer mexer nessa fórmula.

    ResponderExcluir