Dólar alto pode inviabilizar vinda de Iron Maiden e Rolling Stones a Porto Alegre

Alta na cotação da moeda americana deve diminuir o número de atrações internacionais na capital gaúcha e aumentar o preço dos ingressos.



O ano que vem deve ser decepcionante para os gaúchos fãs de música. Com o dólar acima dos R$ 3 desde maio, produtores avaliam que será difícil manter o ritmo degrandes shows internacionais ainda visto em 2015. Além do aumento no valor de cachês, passagens aéreas e aluguel de equipamentos, cobrados na moeda americana, a crise deve diminuir a procura por ingressos, que tendem a ficar mais caros. Bandas como Rolling Stones, Coldplay e Iron Maiden, que negociavam para tocar na Capital,podem não vir mais.

Ingressos podem ficar mais baratos depois de regulamentação da meia-entrada

Em janeiro deste ano, reportagens de ZH exaltavam o que seria um ano "cheio" na programação musical. Apresentações do porte de Jack White, Foo Fighters e Queen + Adam Lambert e eventos como o Monsters Tour estavam entre as atrações previstas, numa época que o dólar era negociado a R$ 2,69 – cotação de janeiro de 2015. Para 2016, o ambiente nas produtoras de eventos é de pé atrás: enquanto a situação econômica não se definir e uma recuperação não surgir no horizonte, é provável que até apresentações que já estavam praticamente certas fiquem "suspensas".

Gre-Nal dos estádios: quais as vantagens de Arena e Beira-Rio em shows

– Dificulta, com certeza. Muita coisa não vai vir — crava Lucas Giacomolli, diretor da Hits Entretenimento.

Ele explica que, no caso de shows de grande expressão, é possível repassar o aumento dos preços para o consumidor, de forma diluída. Como são apresentações com ingressos caros e com um público muito grande, a diferença acaba sendo menos significativa. O ingresso deve ficar mais caro, mas a contratação não é inviável. O problema é maior em shows de médio porte – só a Hits deixou de trazer ao Estado "três ou quatro atrações, porque acabou ficando inviável".

"Em tempos de crise, a cultura sempre sofre mais", diz a cantora Simone

– O dólar mudou a realidade do mercado. As propostas por atrações internacionais diminuíram muito, e o volume de shows deve diminuir no ano que vem — avalia Rodrigo Mathias, gerente-executivo de eventos da Engage, que também cancelou eventos no Estado por conta da alta do dólar.

Lollapalooza divulga atrações da edição brasileira de 2016

Os próximos grandes shows internacionais que Porto Alegre deve receber são a banda norte-americana Pearl Jam, em 11 de novembro, e David Gilmour, em 16 de dezembro – ambos na Arena do Grêmio. Para 2016, Coldplay e Rolling Stones eram as principais negociações em andamento — mas, até agora, as previsões não são nada otimistas.


O que (não) esperar de 2016

Rolling Stones
Há negociações para trazê-los a Porto Alegre. Nos últimos meses, a cotação do dólar dificultou o avanço das tratativas, o que pode inviabilizar a vinda da banda.


Coldplay
Havia uma reserva de data em março para a apresentação da banda britânica na Arena, mas a administração do estádio afirma que a produtora responsável cancelou a reserva. O show não deve mais vir a Porto Alegre.

Dream Valley Festival
Depois de três edições consecutivas, o evento de música eletrônica não foi produzido em 2015. Em 2016, a realização será reavaliada de acordo com a situação econômica.

Iron Maiden
Não vem mais. Na data inicialmente prevista para Porto Alegre, vão estar em Córdoba, na Argentina.

Andrea Bocceli
Negociações não avançaram, e o tenor não deverá vir a Porto Alegre em 2016. Produtoras trabalham com a perspectiva de que a moeda americana mantenha-se entre R$ 3,80 e R$ 4,20

Como foram os anos anteriores

2012
Cotação do dólar: R$ 1,87 (janeiro) R$ 2,04 (dezembro)
Shows que vieram a Porto Alegre: Madonna, Lady Gaga, Bob Dylan, Robert Plant, Linkin Park, Tony Bennett, Slash, Kiss, Elton John e Roger Waters

2013
Cotação do dólar: R$ 2,04 (janeiro) R$ 2,35 (dezembro)
Shows que vieram a Porto Alegre: Black Sabbath, Dave Matthews Band, Chris Cornell, Alicia Keys, Alice in Chains, Ian Anderson e Jonas Brothers

2014
Cotação do dólar: R$ 2,39 (janeiro) R$ 2,65 (dezembro)
Shows que vieram a Porto Alegre: Rick Wakeman, Julio Iglesias, Dream Theater, Queens of the Stone Age, Demi Lovato, Guns 'N' Roses, Joan Baez e Jake Bugg

2015
Cotação do dólar: R$ 2,69 (janeiro) R$ 3,83 (em 13 de outubro)
Shows que vieram a Porto Alegre: Jack White, Kasabian, The Kooks, Monsters Tour, Queen+Adam Lambert, Magic!, Backstreet Boys, Slash, Foo Fighters, Jethro Tull, Carla Bruni, Pearl Jam (11 de novembro, na Arena do Grêmio) e David Gilmour (16 de novembro, também na Arena)

Fonte: http://diariogaucho.clicrbs.com.br/rs/noticia/2015/10/dolar-alto-pode-inviabilizar-vinda-de-rolling-stones-e-coldplay-a-porto-alegre-4877028.html

Sobre Iron Maiden Brasil

Iron Maiden Brasil

0 comentários:

Postar um comentário