Trooper: Matéria no Chicagoist.


A cerveja "Trooper" foi tema de matéria no site Chicagoist.com. Lá, a equipe fez um resumo sobre suas opiniões sobre a já consagrada bebida. Confiram!

Já faz milhares de anos desde que a primeira música sobre bebida foi cantada, e quase 75 anos desde Hank Williams chorou uma lágrima em sua cerveja.

Mas a partir da "MmmHops" hilariamente executada de Hanson até a "Bohemian Rhapsody Pilsner", colaborações músico-cervejaria estão começando a golpear como uma corda. E faz sentido. A maioria das cervejarias são operações pequenas, de propriedade independente, lutando para encolher o espaço de prateleira, enquanto a maioria dos músicos também estão se acotovelando para a exposição em uma indústria que já nem sequer suporta o espaço de prateleira. Afinal, quando foi a última vez que você comprou um álbum versus a última vez que você comprou uma cerveja?

Para a maior parte, o fluxo de cervejas com a marca da banda parecem ter investido em colaborações, ao invés de apenas um exercício de marketing do estilo de vida. No Pitchfork Music Festival, na semana passada, Goose Island estreou a "No Collar" uma bebida fácil de beber ao ar livre para festivais de verão com música - com "Chance The Rapper", que animadamente documentou seu envolvimento com a criação da cerveja. Também encontrado em prateleiras é a "Doomtree" de Surly, uma cerveja de malte branco da cervejaria Minneapolis que dá uma mensagem de saída para o coletivo de hip-hop com o mesmo nome, e possui uma descrição de cerveja que se lê como encarte, misturando a interseção de música e cerveja.

Mas, para algumas bandas, é sua fama que as trazem para a cerveja.

"Os clientes são fãs da banda antes de eles são apaixonados por cerveja e antes de procurarem uma nova cerveja", disse Lanny Hoff, vice-presidente sênior da Artisanal Imports. O equipamento responsável por trazer a "Trooper", uma cerveja oficial com a marca "Criada pelo Iron Maiden," nos Estados Unidos. "Se a cerveja é algo a mais que o "rodar de um moinho"  ela é um prato cheio para os fãs. 

Lançada em 2013, a "Trooper" é resultado da parceria entre a cervejaria inglesa Robinsons e o vocalista do Iron Maiden Bruce Dickinson. Dickinson, um auto-descrito "entusiasta real" teve o pensamento de que a cerveja seria uma nova forma de chegar aos fãs. E ele estava certo. A "Trooper" tornou-se rapidamente a cerveja mais vendida da Robinsons e a mais procurada nos Estados Unidos, principalmente devido aos fãs do Maiden. Como resultado, eles são um inferno de um monte de pessoas nos EUA que bebem uma ESB, quando eles podem não ter experimentado o estilo antes.

Embora com uma imagem de "Eddie the Head" no rótulo possa ilustrar o contrário, a "Trooper" é uma cerveja muito agradável. Com 4,7% de teor de álcool, ela tem um aroma de caramelo malte forte, com notas cítricas levemente tropicais, e um acabamento seco e ligeiramente amargo. Com uma história de vencimento para um renascimento, é um estilo de cerveja que quando maduro e complexo parece uma homenagem líquida apropriada a uma banda adorada por leitores ávidos e ilustres da igualmente história.

Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

0 comentários:

Postar um comentário