Iron Maiden: Todas as formações da banda parte I.


2015 será sem dúvidas um ano especial para o Iron Maiden. Afinal de contas, não é todo o dia que uma banda / artista chega a 40 anos de carreira em plena forma. E para comemorar essas quatro décadas de sucesso, o Iron Maiden Brasil Notícias trará uma série de matérias trazendo curiosidades e histórias referentes a trajetória da banda. E nessa primeira parte, vamos falar sobre as formações que a banda teve de 1975 até 1977.

Para começar, vamos voltar ao ano de 1975. Após o fim do Smiler, Dennis Willcock resolve montar uma banda. Após problemas com seu baixista, ele convida Steve Harris para o posto. A banda não tinha nome, porque parte dos integrantes queria batizar de "Ash Mountain" e a outra parte, de "Iron Maiden". No set list, algumas canções que viriam a serem melhores trabalhadas mais tarde, como "Burning Ambition" e "Iron Maiden". Não há muitas informações sobre as formações desse embrião do Maiden, mas a espinha dorsal era mais ou menos a seguinte:

01. Dennis Willcock (V), Steve Harris (B) e Vic Vella (D).

02. Dennis Willcock (V), Steve Harris (B) e Doug Sampson (D)

Sem nenhum show no currículo, Dennis resolve dar um fim a banda. Mas Steve aproveita a semente deixada, e oficialmente recruta outros músicos e monta o Iron Maiden. Era Dezembro de 1975.

03. Paul Day (V), Dave Sullivan (G), Terry Rance (G), Ron Mathews (D) e Steve Harris (B).



Essa formação durou até Setembro de 1976, tendo feito seu primeiro show no St. Nichollas Church Hall, tendo tocado as músicas "Burning Ambition", "Wrathchild", "Iron Maiden", "Innocent Exile", "Transylvania" e "Strange World". A partir dai, vieram mais mudanças.

04. Paul Day (V), John Northfield (G), Terry Rance (G), Ron Mathews (D) e Steve Harris (B). (Setembro de 1976).

Paul Day e John Northfield são sacados da banda. Para o lugar de Paul, Steve recruta seu antigo companheiro de Smiler, Dennis Willcock e promove o retorno de Dave Sullivan.

05. Dennis Willcock (V), Dave Sullivan (G), Terry Rance (G), Ron Mathews (D) e Steve Harris (B). (Setembro - Novembro de 1976).

Dennis propõe a Steve mudanças na proposta musical da banda. A partir dessa nova ordem musical, vieram mais mudanças, entre as quais, a estreia de Dave Murray. Nessa época, tivemos a adição de novas músicas ao set list: "Drifter", "Sanctuary", "Prowler", "Floating (Purgatory)", "Another Life" e "Charlotte the Harlot".

06. Dennis Willcock (V), Dave Murray (G), Bob Sawyer (G), Ron Mathews (D) e Steve Harris (B). (Dezembro de 1976 até Julho de 1977).




Houve uma nova reformulação na banda. A banda resolve fazer experimentações com teclados, e temos a saída de Dave Murray. Com essa formação, novas músicas foram criadas: "The Ides of March", "Prodigal Son" e Phantom of the Opera". Contudo, depois de um tempo, Tony Moore resolve deixar o grupo, alegando que teclados não combinavam com a proposta musical da banda.

07. Dennis Willcock (V), Terry Wapran (G), Tony Moore (K), Barry Purkis (D) e Steve Harris (B). (Janeiro de 1977 até Março de 1977)

08. Dennis Willcock(V), Terry Wapran (G), Barry Purkis (D) e Steve Harris (B) (Abril de 1977 até Abril de 1978).



Continua...













Sobre Alexandre Rodrigues Temoteo

Alexandre Rodrigues Temoteo

0 comentários:

Postar um comentário