Londres: guia para fãs do Iron Maiden na cidade


Todo mundo gosta de viajar, não é mesmo? Então que tal dar uma passadinha em um dos destinos turísticos mais procurados do mundo, e que – por acaso (só por acaso, hehe) – é também a cidade natal da sua banda preferida?

Pois foi isso que fiz nas minhas férias. Passei uma semana em Londres no mês passado, e – lógico – aproveitei pra visitar alguns lugares importantes e emblemáticos na história e discografia da Donzela de Ferro. Ficou curioso? Então vem comigo nessa viagem!
Cart and Horses

Vamos começar essa "tour" com o lendário pub que abrigou o primeiríssimo show do Iron Maiden (algumas fontes dizem que esse foi o palco do SEGUNDO show, mas isso não vem ao caso agora), o que é claramente motivo de orgulho para a gerência, que estampa o fato em vários lugares dentro e fora do bar.

Quando fui - um sábado de manhã por volta das 11h - não havia mais ninguém lá, e a única atendente inclusive estava terminando a limpeza lá nos fundos. Deviam ter acabado de abrir. Bom, assim tive exclusividade! :D

A sensação ao adentrar o pub é única: pensar que há quase 40 anos o Iron Maiden, ainda moleques de menos de 20 anos, subia naquele palco minúsculo pra dar o pontapé inicial em sua história é algo que emociona qualquer fã. 

Após descobrir que não tem água mineral em pubs ingleses (e, ao que parece, ter sido a primeira a pedir isso, pelo estranhamento e risada da bartender), tomei um suco de laranja e perguntei se podia tirar umas fotos (se não pudesse, tiraria do mesmo jeito, lógico haha!). A atendente disse que sim e inclusive se ofereceu pra tirar algumas de mim (estava sozinha).

Enfim, esse pub é sem dúvida parada obrigatória para qualquer fã de passagem na capital inglesa.
"O" palco
A obrigatória foto em cima do palco :D

Endereço: 1, Maryland Point, E15 1PF

Como chegar: pegar a linha de trem National Express East Anglia até a estação Maryland. Ao sair da estação vire à esquerda e ande alguns metros até dar de cara com o pub.


Ruskin Arms

Outro pub muito importante na história do Maiden, tendo sido palco de vários shows nos primórdios da banda. Conhecido principalmente pelo vídeo Live at Ruskin Arms, gravado em 1980 e lançado no DVD Early Days (2004).

Infelizmente o Ruskin Arms encontra-se fechado já há algum tempo. Não se sabe o motivo do fechamento nem quando (e se) vai reabrir novamente. De qualquer forma, vale dar uma passada lá pra tirar uma foto e ver as redondezas, até porque o local é próximo ao Cart and Horses e de outros lugares de interesse.











Endereço: 386, High Street North, E12 6PH

Como chegar: pegar a linha verde do metrô (Distric Line) até a estação East Ham. Ao sair da estação virar à esquerda e seguir reto por uns 500 metros até a esquina com a Ruskin Avenue (que é onde fica o pub).


Upton Park

Estádio do West Ham United. Eu sei, eu sei! Não tem a ver com o Maiden diretamente, mas o time é tão importante para Steve Harris que acaba sendo também para os fãs. Ou alguém aí já esqueceu de onde veio o bordão "Up The Irons!"? Além de que, o estádio também fica na região dos dois lugares anteriores, então não custa passar pra dar uma olhada no local que Steve visitava com tanta frequência na sua infância/adolescência (e quem sabe até hoje). =)

O mais legal é que quando fui (no mesmo sábado), era dia de jogo, e apesar de ser meio cedo, já tinha muitos torcedores pela região, vestindo camisetas e lenços do time, portando bandeiras e gritando/cantando pelas ruas. Fiquei procurando o Steve mas pelo jeito ele ainda não tinha chegado hehehe!


Endereço: Boleyn Ground, Green Street, E13 9AZ

Como chegar: pegar a linha verde (District) ou rosa (Hammersmith & City) até a estação Upton Park. Ao sair da estação virar à direita e andar reto (ou seguir o povo de roxo, em dia de jogo). Não tem como não ver um estádio enorme na sua frente =)

Sarm West Studios

Estúdio onde foram gravados os recentes álbuns Dance of Death e A Matter Of Life and Death. O interior já conhecemos por meio do documentário que mostra a gravação do A Matter of Life and Death.

Fica em uma área relativamente residencial, e por fora é um prédio antigo e bonito, que jamais alguém diria que abriga um moderno estúdio (meu primeiro palpite seria uma igreja haha). Sem contar que tem um mercado de rua ali pertinho que tenho certeza que os caras iam dar uma visitada durante as gravações! :D

Porta lateral
Fachada













Endereço: 8, Basing Street, W11 1ET

Como chegar: pegar a linha amarela (Circle) ou rosa (Hammersmith & City) até a estação Ladbroke Grove. Saindo da estação, virar à direita e pegar a primeira rua à esquerda (Lancaster Road). Seguir reto até o cruzamento com a Basing Street (o estúdio fica nessa esquina).


Hammersmith Odeon

Hoje com o nome de HMV Apollo, famoso por ter sido o local de gravação do lendário Beast Over Hammersmith, o local não é importante só por isso. O Maiden tocou várias outras vezes por lá (a última foi em 2005, salvo engano); é só procurar no YouTube para achar vídeos de várias turnês.

Ia pedir pra entrar e dar uma olhada, mas só tinha uma pessoa na bilheteria e tinha umas 10 pessoas na fila comprando ingresso, então resolvi só tirar fotos do exterior mesmo.










Endereço: 45, Queen Caroline Street, W6 9QH
 
Como chegar: meio confuso explicar, já que a estação de metrô mais próxima (Hammersmith) na verdade são duas estações (!?). Apesar de o nome ser o mesmo, são prédios separados, servidos por linhas diferentes. O que recomendo é pegar a linha azul (Picadilly) ou verde (District), que chegam na "sub"-estação mais próxima ao Hammersmith. Uma das saídas inclusive dá quase de frente com o troço (é só atravessar uma avenida). Enfim, não tem como explicar em detalhes, mas nada como uma boa olhada no mapa ou perguntar pra alguém (e lá tem várias placas indicativas também).

Music Machine

Hoje com o nome de KOKO, foi mais um pub importante nos primórdios do Maiden. Os colecionadores de bootleg devem ser familiarizados, já que uma das melhores gravações piratas dos primeiros anos da banda é de um show realizado neste local (o bootleg se chama Maiden Music Machine 79).


Endereço: 1, Camden High Street, NW1 7JE
 
Como chegar: pegar a linha preta (Northern) até a estação Mornington Crescent. Saindo da estação você já deverá visualizar o pub, que fica praticamente em frente, do outro lado da avenida.

22, Acacia Avenue

Apesar de a história já ter muitos anos, até hoje muitos fãs se perguntam se a saga da prostituta Charlotte é real. A verdade eu não sei, mas o fato é que o endereço indicado na música lançada em 1982 realmente existe, e é lógico que fui dar uma espiada!


O lugar fica longe (longe tipo 1h40 de metrô E ônibus) e é uma área totalmente residencial e pacata na zona leste de Londres. Ao avistar a placa na esquina da rua, é impossível não começar a cantarolar "If you're feeling down, depressed and lonely!", até porque não tinha ninguém na rua mesmo (além do leiteiro haha)!

Não tive coragem de bater na porta e perguntar se alguma Charlotte morava ali (se algum dia alguém fizer isso, por favor, nos conte! :D), mas foi uma experiência no mínimo curiosa andar pela ruinha cantando a música!

22, acacia avenue!
No detalhe, o número da casa, meio escondido.













Como chegar: como eu disse, é longe. Mas é fácil. Pegue a linha verde (District) e desça na estação Elm Park (pode dormir, é quase no fim da linha). Saindo da estação, a uns 10 metros à esquerda tem um ponto de ônibus. Ali pegue o ônibus nº 252 e desça na parada Chestnut Avenue (sem pânico, os ônibus tem um sistema sonoro que vai avisando qual a próxima parada). Descendo do ônibus, atravesse a rua e olhe pra direita. Você deve ver na esquina a placa indicando "Chestnut Avenue". Entre nela e ande por duas quadras até se deparar com a placa Acacia Avenue! Pronto, agora é só procurar o nº 22!



36, Bridle Lane

Quartel General do Maiden e provável escritório do Rod Smallwood. Mas como assim, Cristianeeeee? Bom, todos sabem que uma banda do porte do Maiden tem que ter uma "sede" pra fazer seus negócios, certo? E todos sabem que o Maiden é gerenciado por uma empresa chamada Phantom Music Management, certo? Pois procurem esse nome no Google e o primeiro site que aparece mostra esse endereço. E a foto que tirei do interfone não deixa dúvidas.

Também não tive as manhas de interfonar e perguntar nada, até porque era um sábado à tarde e duvidei que tivesse alguém... mas havia uma bicicleta na frente, será que era do Rod? Hahaha!

Ah, o Raw Power Management que aparece na foto é outra empresa que cuida do empresariamento de bandas, entre elas Bullet For My Valentine, Funeral For a Friend e Bring Me The Horizon.

"Aperte o número 1 para a recepção"















Como chegar:  a estação de metrô mais próxima é a Picadilly Circus. Essa é outra difícil de explicar, acho melhor consultar um mapa para melhor referência.


Maiden Lane

Mais uma que não tem relação direta com a banda. Na verdade não tem nenhuma relação, mas por razões óbvias vale a foto (apesar de que a placa fica meio alta demais e é difícil pegar uma foto boa com a pessoa incluída). Nessa travessa fica o restaurante mais antigo de Londres (ou pelo menos é o que diz a placa na frente).


Como chegar: outra que não dá pra explicar em poucas palavras. Estações mais próximas: Leicester Square e Charing Cross.

Kingsway Studios

Estúdio onde foi gravado o primeiro álbum do Iron Maiden. Outras bandas importantes também gravaram neste estúdio, como Jimi Hendrix, Rolling Stones e The Who. Infelizmente o estúdio já não existe mais e hoje no lugar há uma farmácia, mas vale a lembrança se você estiver passando por ali. 


Endereço: 129, Kingsway, Holborn

Como chegar: pegar a linha azul (Picadilly) ou vermelha (Central) até a estação Holborn. A estação fica numa esquina. Saia e pegue a esquerda.

 ------
E aí, gostaram? Se alguém tiver alguma dúvida é só deixar aí nos comentários que tentarei responder o melhor possível. Up the Irons!!

Sobre Cris McBrain

Cris McBrain

7 comentários:

  1. Olá, obrigado pelas dicas.
    Estive em Londres há duas semanas e fui ao Cart and Horses. Muito legal estar lá.
    Cheguei às 16h numa terça-feira, tinha uns três caras jogando sinuca.
    Pedi uma cerveja Trooper pra mim (!) e uma café com leite pra minha esposa.
    Depois, perguntei pra atendente se eu podia subir no palco e tirar umas fotos, e ela disse "É claro".

    Show!

    ResponderExcluir
  2. Esta de parabéns ! Excelente post ! Vou estar em Londres no final do ano e utilizarei as informações que você descreveu ! Eu vou arriscar e tocar o interfone !

    ResponderExcluir
  3. Muito bom Cristiane... estarei por lá no final deste ano e certamente seguirei alguns dos seus passos.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela matéria!! Excelente trabalho!

    ResponderExcluir
  5. Excelente Cris, me inspirando aqui no seu roteiro dos sonhos para uma fã de Maiden 😍

    ResponderExcluir