BRITISH LION: Steve Harris fala como será os shows na Espanha.


Steve Harris concedeu entrevista ao site rafabasa sobre os shows que irá fazer na Espanha.

Steve Harris ‘BRITISH LION vai entrar numa nova turnê pela Europa que irá passar por Sevilla, Granada e Pamplona no próximo mês. Como você descreveria a turnê e como e em que consistirá os shows?

Tenho muita vontade. Vamos tocar alguns temas novos que não estava no primeiro álbum e que possivelmente não estará no segundo e vamos gravar alguns shows para um lançamento ao vivo.  A Respeito a nossos shows na Espanha, este sempre foi um País com um público incrível, e que além do mais vamos visitar vários lugares em que não estivemos antes, vai ser muito bom.

Já tocaram no nosso País, agora fará isso em outras cidades. Como foi aquela turnê para você? Como foi a experiência?

Na verdade é que  tivemos uma reação muito positiva por parte dos fãs. Inclusive temos uma gravação muito boa de um dos shows que é possível que utilizaremos, embora agora vamos gravar mais shows. O publico espanhol sempre é muito animado e com British Lion posso tocar em lugares pequenos e estar perto do publico.

A formação também inclui a Richard Taylor no vocal, David Hawkins nas guitarras e teclados, Grahame Leslie na guitarra e Simon Dawson na bateria. Como é a relação com teus companheiros? Você é um chefe democrático ou na banda fazem tudo como você determina a todo o momento?

Sim, sigo com a mesma banda. Temos uma boa relação, nos conhecemos há muito tempo e também sei como são musicalmente. Estamos bem, eu gosto de sair em turnê com eles, de fato no sairia em turnê com ninguém que eu não goste. Pra mim isto é um grupo e cada vez mais à medida que avançamos. Creio que as pessoas que vem aos shows irá notar bem mais do que na turnê anterior.

O que você destacaria dos seus companheiros?

Todos são músicos muito bons e acho que cada um carrega seu grãozinho de areia para que British Lion seja o que é.

Como músico o que você descobriu de você mesmo sobre sua entrada como baixista no British Lion? Toca de uma forma diferente, usa diferentes escalas ou nuances?

Bom, acho que meu estilo é meu estilo toque onde toque,  eu foquei vários temas de maneira diferente como faço no Maiden, mas acredito que quanto mais tocamos ao vivo, mais terminam soando a mim. Eu toco como toco, mas a banda tem cada vez mais força e não para de evolucionar.

Sabe que para o bem ou para o mal, seus fãs vão te ver nos shows porque é o baixista do Iron Maiden. Como você encara essa realidade? Você gostaria que o publico valorizasse mais o trabalho do British Lion como banda?

Eu acho que o publico nos valoriza. É bem possível que tenha gente que venha por outros motivos, mas quero pensar que a maior parte do público venha porque quer ver a British Lion e as pessoas que estiveram nos nossos shows sabem que passam um bom momento. São shows muito intensos e com muita energia.  Está claro que é possível que tenha gente que venha principalmente  pelo Maiden, mas está tudo bem, acredito que uma vez que nos vejam são capazes de apreciar que British Lion é uma boa banda.

Um músico tão conhecido e veterano como você, vivido em batalhas que idealizou Birtish Lion como válvula de escape. É a banda que serve para se desconectar do dia a dia com Maiden? É claro que não iria fazer um Maiden 2....

Obviamente são coisas diferentes, eu adoro estar com Maiden e sempre irei adorar estar com Maiden e eu gosto muito de tocar em lugares grandes, mas isto da à oportunidade de fazer algo diferente e de estar perto das pessoas porque posso tocar em lugares pequenos. Não posso fazer isso com Maiden e eu gosto de estar em contato com o público. Tenho sorte de poder fazer as duas coisas.

Musicalmente como você descreveria British Lion?

Eu acho que é rock tradicional com influencias de grupos como UFO, Thin Lizzy e esses tipos de coisas. Essa é minha visão.

Imagino que não está longe um novo álbum para British Lion...O que você pode adiantar a respeito? Existe temas já compostos, como será o novo material?

Acho que será em algum momento do ano que vem porque obviamente meu compromisso com Maiden vem em primeiro. Em qualquer caso temos material suficiente para um novo álbum, assim iremos fazer algo. Musicalmente seguirá na mesma linha do primeiro, embora como disse estamos em constante evolução.

E se tudo está indo bem quando você acha que pode estar disponível para os fãs?

Possivelmente seja em 2017, mas primeiro quero lançar um álbum ao vivo, talvez por isso seja adiado para o ano seguinte.

Voltamos aos shows... Vocês irão tocar um repertorio similar ao da turnê anterior?

Bom, sim porque haverá material do primeiro álbum, mas também iremos tocar músicas novas. Faz tempo desde que tocamos na Europa, por isso vai ser um material que ainda não tocamos ao vivo.

Voltará a tocar a versão de UFO “Let It Roll”?

É possível, talvez fazemos outra. Não quero revelar tudo.

Os fãs rezam para que interpretem algo do Maiden.. Não será assim para o publico, infelizmente suponho eu...

A principio não, não haverá musicas do Maiden

O que você quer dizer a teus fãs da Espanha? Despede-se dessa entrevista como desejar.

Só peço que venha me apoiar nos meus shows com British Lion, que nos deem uma oportunidade eu realmente acho que vocês não irão se decepcionar. Tenho muita vontade de ver todos meus fãs espanhóis.

Sobre Sah

Sah

0 comentários:

Postar um comentário